A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

01/10/2010 17:40

Preço da cesta básica sobe 1,57% em setembro na Capital

Redação

O preço do óleo de soja puxou o custo da cesta básica alimentar em Campo Grande, com aumento de 18,02%. Na análise geral, a cesta básica teve acréscimo de 1,57% no mês de setembro. Outros oito produtos tiveram os preços mais elevados no período.

Os produtos que apresentaram acréscimo nos preços foram carne (8,99%), pão (3,41%), macarrão (3,27%), arroz (3,06%), margarina (2,86%), açúcar (1,22%), banana (0,83%) e laranja (0,76%).

Para comprar a cesta básica individual no mês de setembro, o trabalhador precisa desembolsar 42,5% do salário mínimo, ou seja, R$ 216,76. As variações acumuladas nos últimos 12 meses registraram percentual positivo de 4,12%.

Para explicar o aumento no preço da carne (8,99%), deve-se considerar a estiagem no período de entressafra e a diminuição da escala de abate dos frigoríficos. A redução nos preços foi registrado para produtos como batata (-9,07%); alface (-5,55%); tomate (-3,68%) e feijão (-3,21%).

Nos últimos seis meses os produtos que apresentaram maiores altas foram o feijão, carne, leite e óleo. Enquanto as maiores quedas foram apresentadas por alface, tomate, batata inglesa, arroz e laranja.

Família

Procon da Capital abre campanha para orientar comércio e consumidor no Natal
O Procon (Subsecretaria de Proteção e Defesa do Consumidor) de Campo Grande dá início nesta segunda-feira (18) a uma semana de orientação e atendimen...
Os limites do “desculpe, seu score está baixo”
Imagine a seguinte situação. Você está navegando em uma grande loja de comércio eletrônico e escolhe um novo celular para compra. Na hora do pagament...
Confaz aprova incentivos fiscais concedidos pelo Governo de MS
O Confaz (Conselho Nacional de Política Fazendária) aprovou a convalidação de todos os incentivos fiscais concedidos pelo Governo do Estado em Mato G...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions