A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 20 de Agosto de 2019

25/06/2019 14:25

Procon apreende produtos vencidos há até 9 meses em mercado

Havia itens de todo o tipo, desde lenço umedecido até peixes impróprios para o consumo

Marta Ferreira
Produtos apreendidos em supermercado. (Foto: Procon/MS)Produtos apreendidos em supermercado. (Foto: Procon/MS)

Denúncias feitas ao aplicativo “Fale Conosco”, do Procon (Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor) levaram à apreensão de produtos com prazo de validade vencida em até 10 meses, em supermercado localizado no Conjunto União. Foram mais de 30 tipos de itens que já deveriam ter sido descartados.

De acordo com o Procon, impressionou a diversidade de itens impróprios para o consumo à venda na unidade da rede Real, que tem lojas em mais dois bairros. Além de mercadorias fora do prazo de validade, havia produtos sem informações importantes, como a procedência e, ainda, embalagens visivelmente danificadas. Também foram achados itens estragados.

Ao informar sobre a apreensão, o órgão de defesa do consumidor destacou ter encontrado 12 embalagens de lenços umedecidos, alguma delas vencidas desde setembro de 2018, há quase 10 meses, fraldas com vencimento em janeiro deste ano. A variedade de mercadorias ia desde cerveja, entre latas e garrafas, doces de diversos tipos, biscoitos sortidos, unidades de tempero para carnes, mortadela , macarrão, maionese, refrigerantes, salgadinhos, iogurte, batata frita, amendoim, sucos, azeites de diferentes tipos, chocolates e gelatinas.

Perigoso – No açougue, foram encontrados em exposição 22,5 quilos de peixes do tipo pacu e bucho bovino. Todos os produtos foram descartados na presença da equipe do Procon e de funcionários do estabelecimento.

A empresa foi autuada e agora terá prazo de defesa para não pagar multa. O valor ainda não está definido. O Campo Grande News procurou o supermercado Real e a informação é de que um dos proprietários faleceu e empresa está em luto nesta terça-feira (25).

Serviço – Segundo o Procon estadual, todo consumidor que se sentir prejudicado em sua relação de consumo deve procurar seus direitos. Estão disponíveis o telefone 151, o aplicativo “Fale Conosco” do site www.procon.ms.gov.br e, agora, um número (9 9158 0088) para WhatsApp, liberado para contatos.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions