A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 19 de Agosto de 2018

25/08/2017 16:42

Queda da arrecadação federal em MS é maior que a redução média nacional

Osvaldo Júnior

Com o desaquecimento da economia nacional, a arrecadação de tributos federais em Mato Grosso do Sul reduziu em R$ 4,3 milhões em julho na comparação com igual período do ano passado. A retração nominal (sem considerar a inflação) é de 0,71%, acima da variação verificada no País, de 0,34%.

De acordo com relatório da Receita Federal, divulgado nesta sexta-feira (25), os contribuintes de Mato Grosso do Sul destinaram aos cofres federais R$ 598,06 milhões em julho deste ano. No mesmo mês de 2017, o montante somou R$ 602,37 milhões.

Em todo o País, foram arrecadados R$ 109,94 bilhões. A queda nominal é de 0,34% e, corrigida pelo IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), é a menor para o período desde 2010.

No acumulado deste ano, a arrecadação federal soma, no País, R$ 758,53 bilhões, também o menor valor desde 2010. O montante é 0,61% menor que o mesmo período de 2016, descontando a inflação pelo IPCA.

Esse crescimento acumulado, no entanto, decorre unicamente das receitas não administradas (principalmente royalties do petróleo), que subiram 49,9% de janeiro a julho acima da inflação em relação aos mesmos meses de 2016.

Se forem consideradas apenas as receitas administradas pela Receita Federal (como impostos e contribuições), a arrecadação teria tido queda real – descontado o IPCA – de 1,7% em julho e de 0,41% nos sete primeiros meses do ano.

Aumento de benefícios a produtor rural pode ser vetado, diz secretário
O secretário do Tesouro Nacional, Mansueto Almeida, disse hoje (17) que o governo federal estuda vetar a ampliação de benefícios a produtores rurais ...
Dólar fecha a semana cotado a R$ 3,91, acumulando alta de 1,31%
A moeda norte-americana encerrou hoje novamente (17) em alta de 0,24%, cotada a R$ 3,9147 na venda, fechando uma série de três pregões consecutivos d...
Hotel em Orlando ganha tema Jurassic World
Sempre se reinventando, Orlando não mede gastos para investir seja em novas atrações nos parques ou em estrutura e serviços para os turistas. Agora é...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions