A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 19 de Setembro de 2017

02/09/2017 15:58

Secretário afirma que venda da Eldorado tranquiliza setor

Empresa passa a integrar grupo holandês da indústria do papel

Izabela Sanchez
Em publicação na página da Semagro Jaime Verruck afirma que venda tranquila MS (Arquivo/Campo Grande News)Em publicação na página da Semagro Jaime Verruck afirma que venda tranquila MS (Arquivo/Campo Grande News)

Com a notícia da venda da unidade da Eldorado Celulose em Três Lagoas, que pertencia à controladora financeira J&F - dos irmãos Wesley e Joesley Batista -, o titular da Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar), Jaime Verruck publicou um vídeo na página oficial da pasta no Facebook para repercutir a notícia. Na publicação o secretário declara que a venda proporciona tranquilidade ao setor. A Eldorado foi repassada para o grupo holandês Paper Excellence.

"Para o Estado de Mato Grosso do Sul é importante a consolidação dessa aquisição por esse grupo canadense e nós acreditamos que isso tranquilize significativamente a população de Três Lagoas, a população sul-mato-grossense e os fornecedores de eucalipto no Estado, que tinham aí algumas preocupações", comentou.

A presença do grupo se estende por vários países, entre eles Canadá - onde a empresa adquiriu a primeira fábrica de celulose -, França e agora, Brasil. A transação foi realizada no valor de R$ 15 bilhões. Verruck afirma que a empresa não atuava no ramo da celulose de fibra curta, especialidade da Eldorado.

"Então é um player [jogador, em tradução livre do inglês] novo nesse mercado de celulose de fibra curta, mas não é um player novo na produção de celulose e na produção de papel do mercado internacional", emenda ele.

Entenda - A Eldorado produz 1,7 milhão de toneladas de celulose de eucalipto por ano. A venda já era negociada com diversos interessados, incluindo o grupo chileno Arauco, as empresas brasileiras Suzano e Fibria e a indonésia Asia Pulp & Paper.

Em comunicado enviado à imprensa, o grupo Paper Excellence ressalta que a aquisição é importante porque inclui no seu portfólio ativos de produção de celulose de eucalipto. No texto, a J&F destaca a qualidade dos ativos que compõem a Eldorado e as empresas afirmam que a negociação atendeu ao interesse das duas partes.

A Paper Excellence iniciou suas atividades em 2007, com sua primeira fábrica de celulose em Meadow Lake, no Canadá. Hoje já possui cinco fábricas no Canadá e duas na França. Juntas, elas produzem 2,3 milhões de toneladas de celulose por ano e empregam mais de 2 mil funcionários.

Receita abre consulta sobre obrigação de informar pagamentos em espécie
A Receita Federal colocou em consulta pública minuta de Instrução Normativa, disponível na internet, que torna obrigatória a prestação de informações...
JBS perde R$ 955 mi em valor de mercado após anúncio de novo presidente
Em mais um pregão com recorde histórico de pontuação do Ibovespa, as ações da JBS foram o destaque negativo da bolsa e registraram queda de 3,95% nes...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions