ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, QUINTA  27    CAMPO GRANDE 26º

Enquetes

Elaine nem gostava, mas agora usa açaí para bancar a cupido

Pessoas de toda cidade pedem açaí no Sabor Tropical, para enviar para alguém amado ou como declaração secreta

Por Bárbara Cavalcanti | 28/11/2021 08:00
Elaine com um de seus açaís decorados, prontos para serem entregues ao "crush". (Foto: Bárbara Cavalcanti)
Elaine com um de seus açaís decorados, prontos para serem entregues ao "crush". (Foto: Bárbara Cavalcanti)

No Amambaí, o Sabor Tropical é o point para comer açaí e ainda por cima fazer um agrado até mesmo anônimo para o “crush” com o que ficou conhecido como “Açaí do Amor”.

Elaine Magalhães de Souza, de 34 anos, é a proprietária do local e diz que nunca nem tinha experimentado açaí. “De início nem gostei. Mas agora não só gosto, como também faço essas mensagens personalizadas para quem quiser agradar alguém. O cupido com açaí”, se diverte.

Açaí com "Te amo" escrito com nutella. (Foto: Bárbara Cavalcanti)
Açaí com "Te amo" escrito com nutella. (Foto: Bárbara Cavalcanti)

Tudo começou no início do ano, quando Elaine ficou desempregada. Os filhos deram a ideia de vender o açaí, que Elaine logo topou. “Mas então eu fiquei: “Tá, mas o que é açaí afinal?”. Comi a primeira vez pra poder vender mesmo”, relembra.

Elaine abriu uma janelinha de casa, comprou um freezer e começou a comercializar ali. E rendeu: agora conseguiu alugar um ponto comercial, com mais espaços e cadeiras e mesas para as pessoas sentarem. “No começo eu não gostava tanto de açaí. Mas depois comecei a gostar. Fui aprendendo com meus clientes”, relata.

E foi um pedido de um cliente que surgiu o açaí do amor. “Ele veio aqui e pediu um açaí para a namorada. Fiz toda uma decoração romântica. Então agora é só pedir que eu faço uma decoração no próprio açaí, ainda com um bombom. É simples, mas é bem caprichado”, ressalta.

Coração feito com com chocolate e cobertura de leite ninho. (Foto: Bárbara Cavalcanti)
Coração feito com com chocolate e cobertura de leite ninho. (Foto: Bárbara Cavalcanti)

E dá para mandar açaí tanto para a pessoa amada, quanto de forma anônima. “Parece aqueles recadinhos que a gente enviava na época de escola, não é mesmo?”, brinca.

Ainda de acordo com Elaine, o local é o ponto de encontro dos alunos do Senai, que fica ali próximo. Mas há pedidos de todas as partes da cidade, até de locais que têm outros estabelecimentos de açaí por perto.

Na enquete de ontem, o Lado B quis saber dos leitores se, na hora de comer em família, eles encaram o deslocamento para outras partes da cidade, ou preferem ficar nos próprios bairros. Os leitores estão bem divididos: 54% afirma que prefere ficar no próprio bairro, enquanto 46% encaram o deslocamento para outras regiões.

No Facebook, os leitores comentaram sobre a comodidade do delivery, o que garante inclusive não ter que se expor a aglomerações. Já os que se deslocam, comentam que dependendo do bairro, há poucas opções, então o deslocamento se torna necessidade. Além disso, os leitores prezam por bom atendimento e variedade, o que também leva as pessoas a sairem de casa.

Para Elaine, a brincadeira de cupido é diversão, mas o capricho e amor que ela coloca em cada pedido é sério. “O que os clientes pedem, eu tento dar um um jeito. Começou assim com açaí, me perguntaram também sobre almoço, que também inclui no cardápio. Tudo sempre com muito amor”, reforça.

Local é simples, com mesas e cadeiras para sentar. (Foto: Bárbara Cavalcanti)
Local é simples, com mesas e cadeiras para sentar. (Foto: Bárbara Cavalcanti)

O Sabor Tropical fica na Rua Engenheiro Roberto Mange, 206, no Bairro Amambaí. O horário de funcionamento é de segunda à sexta, das 07h às 17h30. Todas as informações estão disponíveis no telefone (67) 99109-6294.

Curta o Lado B no Facebook. Tem uma pauta bacana para sugerir? Mande pelas redes sociais, e-mail: ladob@news.com.br ou no Direto das Ruas através do WhatsApp do Campo Grande News (67) 99669-9563.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário