ACOMPANHE-NOS    
MAIO, SEXTA  27    CAMPO GRANDE 29º

Enquetes

Maioria teme levar filhos à escola com variante Ômicron

Reunião na segunda-feira deve definir estratégia de retorno às aulas

Por Adriel Mattos | 29/01/2022 08:25
Outros 45% estão seguros com volta às aulas. (Foto: Paulo Francis/Arquivo)
Outros 45% estão seguros com volta às aulas. (Foto: Paulo Francis/Arquivo)

A maioria dos leitores do Campo Grande News teme levar os filhos à escola com a variante Ômicron do coronavírus circulando em Mato Grosso do Sul. Enquete apontou que 55% têm essa preocupação.

Os outros 45% estão seguros após a vacinação ter atingido crianças e adolescentes, de 5 a 17 anos. “Todos vão pegar, não adianta se esconder, quando chega a vez de cada um, ninguém escapa”, opinou Marcio Benitez na página do jornal no Facebook.

“Esta variante não está só nas escolas, está por todos lugares, talvez na escola seja até um lugar mais seguro”, avaliou Antonio Simões.

Na próxima segunda-feira (31), gestores das áreas da saúde e educação de Mato Grosso do Sul se reúnem para debater a volta às aulas nas redes pública e privada em meio à nova onda da pandemia de covid-19 e a epidemia de gripe.

O objetivo é discutir estratégias de vacinação pediátrica, a exemplo da campanha com os adolescentes realizada no ano passado nas escolas estaduais, bem como a manutenção de práticas preventivas para reduzir danos da pandemia no público infantil.

Por ora, tanto a Reme (Rede Municipal de Ensino) da Capital quanto a REE (Rede Estadual de Ensino) deverão voltar presencialmente, mediante protocolos de biossegurança.

Campo Grande News - Conteúdo de Verdade


Nos siga no Google Notícias