ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SÁBADO  23    CAMPO GRANDE 27º

Enquetes

Você concorda em mudar o intervalo para a 2ª dose de adolescentes?

Mato Grosso do Sul definiu que o intervalo será de 12 semanas; antes era de 21 dias

Por Guilherme Correia | 23/09/2021 08:25
Adolescente é vacinada contra a covid-19 em Mato Grosso do Sul (Foto: Kísie Ainoã)
Adolescente é vacinada contra a covid-19 em Mato Grosso do Sul (Foto: Kísie Ainoã)

Enquete desta quinta-feira (23) pergunta aos leitores se concordam em manter o prazo de 12 semanas para a aplicação da segunda dose de Pfizer, para adolescentes de 12 a 17 anos.

Na segunda-feira, o secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, afirmou que esse público teria de esperar esse prazo. Anteriormente, o intervalo era de três semanas (21 dias).

Essa decisão foi tomada com base na recente confusão causada pelo Ministério da Saúde, que recomendou a suspensão da vacinação desse público. No entanto, Mato Grosso do Sul e outras unidades da federação contrariaram essa nota. Além disso, o a pasta federal anunciou ontem que deixaria de recomendar essa suspensão.

Mais de 60% da população sul-mato-grossense dessa faixa etária recebeu a primeira dose, enquanto cerca de 6% já tomaram a segunda dose. Vale lembrar que essa é a única patente liberada pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) em crianças.

Justificativa - Segundo o titular da SES (Secretaria Estadual de Saúde), a escolha do prazo de 12 semanas - o equivalente a 84 dias - foi feita para evitar complicações com a pasta federal.

"Vamos deixar para que a gente tenha um prazo para dirimir essa situação que o Ministério da Saúde criou e que trouxe desconforto a todos nós, secretários estaduais, municipais, e toda a população de pais e mães de adolescentes e, inclusive, do próprio adolescente, que tem tido procura bastante intensa para fazer a imunização", argumentou Resende, naquele momento.

Enquete

Você concorda com aumento do intervalo de 3 para 12 semanas na 2ª dose de adolescentes?

Sim

43%

Não

57%
Este site é protegido pelo reCAPTCHA e pelo Google.
Política de Privacidade e Termos de serviço.
A votação para essa enquete terminou.
Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário