A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

15/10/2015 17:03

Árbitros do MS atuam na Série A e mostram qualidade técnica e emocional

Thiago de Souza
Eduardo Gonçalves da Cruz vai ser assistente do jogo Corinthians x Goiás. (Foto: Divulgação/FFMS)Eduardo Gonçalves da Cruz vai ser assistente do jogo Corinthians x Goiás. (Foto: Divulgação/FFMS)

Dois profissionais da arbitragem de Mato Grosso do Sul estarão em campo na noite de hoje (15) para o jogo entre Corinthians e Goiás, às 18h30 (Horário de MS), na Arena Corinthians. A escalação do árbitro assistente Eduardo Gonçalves da Cruz e de Paulo Henrique Salmázio como quarto árbitro, mostram que o nível técnico dos dois é muito bom, e que estão aptos a atuar em partidas decisivas, como a da noite de hoje, pela série principal do Campeonato Brasileiro.

Segundo o presidente da Comissão de Arbitragem da FFMS (Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul) Manoel Paixão, a arbitragem de MS é destaque no cenário nacional. "Este ano o Paulo Vollkopf apitou a final da Copa Verde entre Cuiabá e Remo, que valia vaga na Copa Sul-americana", ressaltou Paixão.

Para entrar no quadro de árbitros da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) o profissional tem de atuar pelo menos dois anos na sua federação, onde é avaliado e observado criteriosamente. "Ele passa por testes físicos e teóricos. Se for aprovado ele entra pro quadro da CBF e aguarda uma chance de atuar", relata o chefe da arbitragem do MS. "Nenhum árbitro do MS tem nota abaixo de sete em avaliações da CBF", completa Paixão.

O destaque no jogo do Corinthians contra o Goiás é o árbitro assistente Eduargo Gonçalves da Cruz. Formado em engenharia civil e elétrica, ele tem 30 anos e já fez curso de arbitragem da UEFA (União Europeia de Futebol) e é um aspirante ao quadro da FIFA. Jogos como Vasco x São Paulo, Atlético Mineiro x Palmeiras e Flamengo x Figueirense são parte do currículo do assistente. Paulo Henrique Salmázio é outro sul-mato-grossense, e é o árbitro mais jovem no quadro da CBF, com apenas 23 anos.

Ainda de acordo com a comissão de arbitragem, devido ao preparo emocional, o árbitro tem condições de enfrentar pressões psicológicas durante a partida. Vale lembrar que o Campeonato Brasileiro está na reta final, e a distância do líder Corinthians para o vice, Atlético Mineiro é de apenas dois pontos. Por isso a atuação do árbitro, com um erro ou grande acerto tende a ter uma visibilidade maior.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions