A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

16/04/2009 11:57

Câmara investiga supostos desvios de renda no Morenão

Redação

O presidente da Câmara Municipal de Campo Grande, Paulo Siufi (PMDB), cobrou, nesta quinta-feira, a apuração das denúncias feitas pelo presidente licenciado do Corinthians, Andrés Sanchez, sobre o sumiço de renda em jogos no Estádio Morenão.

Em entrevista ao Diário de São Paulo, Andrés disse que em Mato Grosso do Sul "os dirigentes não podem ver dinheiro que querem pegar" e que fariam o mesmo em relação ao jogo do Corinthians. As declarações foram feitas um dia antes da vitória do time do Parque São Jorge sobre o Misto, de Três Lagoas (339 km de Campo Grande), no Morenão.

"Não podemos admitir que o presidente de um clube de grande porte venha para a nossa cidade e coloque denúncias na imprensa sobre a idoneidade dos jogos realizados no Estádio Morenão", disse Siufi.

O presidente da Câmara convocou os vereadores da Comissão de Educação, Cultura e Desporto para apurar a veracidade das declarações do dirigente corintiano.

"Temos que apurar os fatos para dirimir dúvidas e passar a realidade para a população. Se estiver acontecendo desvios de recursos, isso deve ser apurado e os responsáveis devem ser penalizados. Temos que resolver isso, para que possamos ser conhecidos como sempre fomos, como uma cidade séria e honrada", disse Siufi.

O presidente do Misto, Jamiro Rodrigues de Oliveira, ficou incomodado com as declaração. "Ele (o presidente do Corinthians) vem aqui, é bem tratado, e fala uma coisa dessas? Ele tem que se retratar. Pergunta para ele, se ele não recebeu todo o dinheiro", afirmou.

Segundo Jamiro, público e renda do jogo válido pela Copa do Brasil será publicado no site da FFMS (Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul) nas próximas horas.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions