A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

17/03/2009 16:05

Cobrança extra pode afastar Ronaldo de MS

Redação

A esperada participação de Ronaldo no jogo Misto X Corinthians, no Estádio Morenão, em Campo Grande, está mais distante de virar realidade. A partida pela 2ª fase da Copa do Brasil está marcada para o dia 8 de abril.

O Corinthians tem cobrado dos adversários uma participação maior na bilheteria pela escalação do craque, nos jogos em que o time do Parque São Jorge é visitante. Mas o presidente do Misto, Jamiro Rodrigues de Oliveira, não aceita pagar para ver Ronaldo em campo.

"Eu acredito que eles não vão fazer isso (cobrar pela escalação de Ronaldo). Se fizerem, eu não vou aceitar", afirmou Jamiro ao Campo Grande News.

O Corinthians já tem lucrado com o esquema. Os donos da casa aceitam pagar pela escalação porque Ronaldo atrai público e renda para as partidas.

Conforme a edição desta terça-feira da Folha de São Paulo, contra o Itumbiara, na estréia de Ronaldo, o time recebeu R$ 250 mil. Já no clássico com o Palmeiras, o Corinthians ficou com mais R$ 300 mil.

Nas partidas em que havia a expectativa de o Corinthians ter Ronaldo em campo, o número de torcedores foi quase o triplo da média nos demais duelos do time em 2009.

Pelas regras da Copa do Brasil, a renda líquida de cada partida será do clube mandante, exceto para os casos em que ocorrer apenas uma partida. No caso da eliminação do mandante, o vencedor fica com 60% da renda e o perdedor com 40%.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions