A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

05/08/2009 19:57

Com expulsões, Cruzeiro perde em casa para o Atlético-PR

Redação

Antes do início do jogo, o volante Fabrício disse que os jogadores do Cruzeiro tinham combinado não ter mais nenhuma expulsão até o final do ano. Depois que a bola rolou, foi o Atlético-PR que ficou com um atleta a menos, logo aos 17 minutos, quando o zagueiro Bruno Costa levou o vermelho. O pacto celeste, no entanto, só durou até os 43 minutos da etapa inicial. Bernardo foi expulso e, no segundo tempo, o time mineiro foi derrotado pelo rubro-negro paranaense, por 2 a 0, na estreia de Antônio Lopes.

A expulsão de Bernardo não foi a única. Na etapa final, Kléber, igualou-se ao companheiro Leonardo Silva, e foi expulso pela segunda vez no Brasileiro e pela quarta em toda a temporada. Dessa forma, o Cruzeiro acabou em desvantagem numérica. Foi a 11ª expulsão em 16 jogos, sendo sete nas últimas seis partidas.

Com o resultado positivo, fora de casa, o Atlético-PR conseguiu o seu segundo triunfo seguido, já que vinha de vitória sobre o Fluminense. Dessa forma, a equipe paranaense passou a 18 pontos, ultrapassando o seu adversário e ocupando pelo menos provisoriamente a 14ª posição e deixando a zona de rebaixamento.

O Cruzeiro, que mais uma vez adiou o início de sua arrancada no Brasileirão, pode terminar a rodada na área de descenso, já que se manteve com 17 pontos. Foi a segunda derrota seguida da equipe celeste, que vinha de uma goleada sofrida para o Grêmio, por 4 a 1, quando teve expulsos o lateral-direito Jonathan e o atacante Thiago Ribeiro. O time sofreu seis gols e só marcou um nessas duas partidas.

Sem esses dois jogadores, e também o zagueiro Thiago Heleno, que cumpriu suspensão pelo terceiro amarelo, o Cruzeiro promoveu a estreia do zagueiro Gil, contratado sábado passado junto ao Atlético-GO e apresentado na tarde de terça-feira. Além disso, os ares de time de última hora foram completados pela ausência de Gérson Magrão, cuja venda para o Dynamo de Kiev, foi anunciada horas antes do começo da partida.

A partida registrou a presença de 15.485 pagantes, com renda estimada em R$ 286.728,70.

Os gols foram marcados por Marcinho, aos 3 minutos e Gabriel, aos 43 minutos do segundo tempo. (Com informações do site UOL).

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions