A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

16/11/2013 17:32

Com festa da torcida, Palmeiras vence o Boa e conquista título da Série B

Vinícius Squinelo
Jogadores comemoram o título ainda em campo (foto: Terra)Jogadores comemoram o título ainda em campo (foto: Terra)

O Palmeiras não decepcionou o seu torcedor pela segunda vez. É bem verdade que o palmeirense que foi ao Pacaembu na tarde deste sábado levou alguns sustos, viu muitos erros de passes, mas pôde soltar o grito de campeão da Série B. O bicampeonato veio com festa e grito de olé na vitória por 3 a 0 sobre o Boa Esporte, em jogo pela 36ª rodada do torneio. Clima bem diferente do jogo do acesso, quando foram ouvidas vaias no empate sem gols contra o São Caetano.

Para os torcedores de Campo Grande o título é motivo de comemoração, é claro, mas também de certa frustração, já que o time enfrenta o Ceará na Capital de Mato Grosso do Sul no dia 23 deste mês, e poderia levantar a taça no Estado.

A torcida alviverde compareceu em bom número ao Pacaembu (19.216 presentes) e vibrou muito com os gols do questionado Felipe Menezes, responsável por substituir Valdivia, Leandro, algumas vezes criticado por atuações ruins e expulsões infantis, autores dos gols do título, e Juninho, um dos remanescentes da campanha da queda em 2012.

Depois de perder para o Paysandu no meio de semana e desperdiçar a primeira chance de sacramentar o título, o Palmeiras conquistou a taça ao chegar aos 76 pontos.

Autor de um dos gols do título, Felipe Menezes quase virou vilão. Responsável por dar ritmo ao time, o meia errou muitos passes e em um deles armou contra-ataque para o Boa. Fernando Caranga, no entanto, cabeceou na rede pelo lado de fora do gol de Fernando Prass. No fim, Menzes saiu aplaudido.

O torcedor palmeirense levou alguns sustos durante o primeiro tempo. Apesar de o time ter começado o jogo com uma cobrança de falta de Alan Kardec que acertou o travessão de Douglas, a equipe mineira foi mais perigosa.

Marcelinho Paraíba obrigou Fernando Prass a fazer grande defesa em cabeçada e depois assustou em chute de fora da área. (com informações do Uol)

Título já tem até poster, confeccionado pelo Portal UolTítulo já tem até poster, confeccionado pelo Portal Uol


Sou palmeirense desde 1963, o tempo que ainda haviam homens com H maiúsculo, tanto no comando do clube como jogando bola. Sinceramente me sinto envergonhado em comemorar mais um título na série B do brasileiro! Como na política brasileira, homens corruptos e sem compromisso com a tradição do Palmeiras, levaram o clube ao caos financeiro, sendo este o motivo único do fracasso da equipe dentro de campo. O Palmeiras é o maior campeão brasileiro do século XX, desde que a Parmalat deixou a parceria com o clube, as finanças desandaram para pior. Certamente os diretores da época desapareceram com o dinheiro que arrecadava naquele tempo de "vacas gordas"! Hoje a calamidade nos causa vergonha em um dos maiores clubes de futebol do mundo!
 
Olices Trelha em 16/11/2013 21:31:23
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions