A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

09/03/2012 20:32

Com gramado em reforma, Morenão só deve ser liberado em maio

Jeozadaque Garcia
Cerca de 80% dos 7 mil metros quadrados do gramado já foi trocado, segundo o responsável pelo estádio. (Foto: Marlon Ganassin)Cerca de 80% dos 7 mil metros quadrados do gramado já foi trocado, segundo o responsável pelo estádio. (Foto: Marlon Ganassin)

Com previsão inicial de ser liberado em março, o estádio Morenão, em Campo Grande, ficará apto para receber jogos somente na primeira quinzena de maio, já no fim do Campeonato Sul-mato-grossense.

Segundo o responsável pelo estádio, Jair Sartorelo, um projeto de acessibilidade já é elaborado e deve ser aplicado até o final deste ano. As cabines de transmissão também passarão por reforma.

“Por enquanto só a grama está sendo trocada. Só vamos mexer na estrutura no segundo semestre. O projeto de acessibilidade ainda está em fase de elaboração”, conta. Em 2013 outras reformas serão realizadas como o fechamento das dilatações das colunas do estádio, em que os morcegos costumam ficar.

Cerca de 80% dos 7 mil metros quadrados do gramado já foi trocado. Nesta fase, a grama é podada e os espaços que ficam entre as placas são cobertos com terra. Ainda segundo Sartorelo, o estádio não receberá mais shows após ser entregue.

Enquanto não fica pronto, as equipes de Campo Grande mandam seus jogos no Estadual no campo das Moreninhas. Já o Cene, que tem casa própria, joga no estádio Olho do Furacão.

Fundado em 2003, o campo das Moreninhas não foi feito para receber jogos oficiais. Agora, após uma ampla reforma, ele deve ganhar novo nome no ano que vem. Com capacidade para 5 mil torcedores, o estádio é bem visto pelos clubes de Campo Grande pois “cabe no bolso”.

Projeto de acessibilidade para o estádio já está em elaboração; reformas devem começar no final do ano. (Foto: Marlon Ganassin)Projeto de acessibilidade para o estádio já está em elaboração; reformas devem começar no final do ano. (Foto: Marlon Ganassin)


como é pobre o pensamento de alguns sulmatogrossenses,aposto que aos domingos ficam torcendo para que a globo transmite um jogo de futebol para que possa assistir,infelizmente aqui em Campo Grande nada vai para fentre vejam a nossa expogrande,depois reclamam que não tem diversão,são os primeiros a criticarem....
 
odevair de brito oliveira em 10/03/2012 10:50:03
Aguardo ansiosamente. E para quem acha que deve ser demolido e construir uma praça no lugar, note que a cidade inteira está cheia de praças. Quem faz o desenvolvimento urbano de praças na capital definitivamente não gosta de esporte e luta pelo fim dele na cidade.
 
Antônio Marcos Alencar em 10/03/2012 09:13:00
Cuiabá vai ter um estádio novinho e moderno. Enquanto isso em campo grande...Lá se vai gastar dinheiro nesse velho elefante obsoleto.
 
Paula Lutero em 10/03/2012 09:05:06
Vai aqui uma sugestão : Vamos demolir esse morenão, que não serve p/nada, qdo existe uma partida de futebol, não vai mais que 100 pessoas, e vamos fazer uma´praça de lazer, para população, que vai ser muito mais útil, e o futebol (que quase não existe), vamos levar p/moreninhas, Vila Nasser, e outros vários estadio que comporta esse exuberante futebol sulmatogrossensse.
 
Carlos Aquino Menezes em 10/03/2012 08:11:11
é muita falta de inteligência de quem admnistra o palco do futebol do MS.troca o gramado em periodo chuvoso e só depois vai reformas as cabines e as dilatações?.tenha paciência.já q quando acabar a reforma não teremos futebol pq ele não aluga para rodeios?.alguns cavalos já temos para colocar nesse rodeio.
 
karllos albertto em 10/03/2012 06:17:47
Isso... Reformem o gramado, deixem ele impecável e aluguem o estádio pra shows como sempre fizeram... Por isso que o futebol de MS não vai pra frente. Lembro que quando o Brasil x Venezuela jogarem em 2009 pela eliminatórias da Copa, a CBF gastou R$ 35.000,00 pra reforma do estádio e dias ou um mês depois, alugaram pra fazer um tal showzinho chamado "Garage Stadium". Tomem vergonha na cara!!!!!!!!
 
Alan Silv em 10/03/2012 05:20:42
Paula Lutero.

Eu não troco toda a qualidade de vida de Campo Grande, seus parques, praças, avenidas largas, cidade de pessoas hospitaleiras e as beleza da Capital Morena por esse Estádio de Cuiabá que só esta sendo construído pela "qualidade política" do MT!

Agora vc tira o Estádio de lá (Cuiabá) e o que sobra??????

Cada um viu!
 
Fabio Henrique em 10/03/2012 01:18:29
Esclarecimentos aos desinformados:
1- O Morenão é propriedade da UFMS, a fim de atender aos acadêmicos, não a FFMS.
2- O dinheiro gasto nessa reforma veio da arrecadação da locação para shows
3- Para que os times do Estado possam jogar nesse campo é necessário firmar contrato, o que nenhum deles pode pois estão devendo a Deus e o mundo (federação e times). É Lei - cessão de espaço público.
 
Filipe Alberto em 10/03/2012 01:10:59
"Ainda segundo Sartorelo, o estádio não receberá mais shows após ser entregue."
vamos ver mesmo se vai ou nao.
 
jose higuain em 09/03/2012 08:49:41
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions