A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

19/01/2014 18:09

Em clássico sem emoções, Cene e Novoperário empatam em 1 a 1

Kleber Clajus e Helton Verão
Com um gol em cada tempo, partida marcou jogo sem finalizações certas a meta dos goleiros (Foto: Helton Verão)Com um gol em cada tempo, partida marcou jogo sem finalizações certas a meta dos goleiros (Foto: Helton Verão)

O clássico entre Cene e Novoperário terminou empatado em 1 a 1 no Estádio do Morenão, neste domingo (19), em Campo Grande. Em dois tempos bem semelhantes, os clubes criaram muito pouco, fazendo jus ao empate e a qualidade apresentada.

Mesmo que sem muitas emoções, o primeiro tempo foi marcado pela substituição do técnico do Cene, Paulo Muller, que alterou o time nos 25 minutos. Saiu Natão e entrou o meia-atacante Carneiro. De acordo com ele, por opção tática.

Já aos 38 minutos, uma entrada dura de Márcio, do Furacão Amarelo, resultou em sua expulsão. Com isso o Novoperário ganhou vantagem para marcar o único gol, aos 46 minutos com Aguinaldo.

No segundo tempo, não faltou esforço para tentar mudar o placar, igualado por Erik do Cene. Por outro lado, sobraram tropeços técnicos.

Aos 17 minutos, o Cene empatou com o Novoperário em uma jogada de escanteio cobrada por Sapinho. Em seguida, Erik completou o cruzamento para o gol. O Furacão Amarelo havia levado um gol no primeiro tempo, aos 46 minutos, marcado por Aguinaldo.

As equipes mostraram muita vontade para desempatar o jogo, mas sem muita técnica, a partida encerrou em 1 a 1.

Para o técnico do Cene, Paulo Müller, o que faltou a equipe foi “entrosamento”. Mesmo assim ele disse estar satisfeito com o resultado no primeiro jogo de ambas as equipes no Campeonato Estadual.

O jogo deste domingo no Morenão rendeu pouco mais de R$ 800 de bilheteria, tendo 700 torcedores pagantes e 300 não pagantes. A maioria era composta por novoperarianos.

Próximos jogos – A equipe do Cene voltas a campo na quarta-feira (22), às 21h, contra o Comercial. Já no domingo (26), às 16h, o Novoperário também enfrenta o Colorado no Morenão.

Competição - O Estadual terá dois grupos, com sete times de cada lado e que se enfrentam em turno e returno. Após esses 12 jogos cada, os quatro melhores de cada chave se classificam para os "mata-matas" das quartas, semi e final. Os dois piores da fase de grupos serão rebaixados para a Série B.

Os grupos seguem como em 2013. Em um estão Cene, Comercial, Novoperário, Aquidauanense, Misto, Maracaju e Costa Rica, de volta à Série A. No outro se enfrentam Águia Negra, Ivinhema, Itaporã, Naviraiense, Sete de Dourados, Urso e o caçula Ubiratan.



'' clássico sem emoção'' a empresa e a 1ª a afugentar a torcida com uma manchete desta, vamos ser bairrista e valorizar o que e nosso. ando pelo o brasil e vejo muito bairrismo porque aqui não, temos o pantanal, cantores fazendo sucesso e muito mais de bom porque não darmos uma chance ao futebol, paixão nacional, e por falar em paixão nacional, o que seria do carnaval sem cerveja e mulheres semi-nuas não teria graça, então porque tirar a cerveja dos estádios, tem e que ter policias para barras os mais exaltados e cumprir a lei se sair a linha, formula um vende-se bebidas, final da afonso pena vende também, temos e que fiscalizar e não proibir. Autoridades vamos trabalhar e não por leis e ficarem em casa pensando que fez o certo e age com pilatos '' lavei as mãos'',
 
jose lucas azevedo em 20/01/2014 23:39:24
Caro Gilson Giordano. Você tem razão, a conclusão e: Entre o melhor e o pior, não há muita diferença. O resultado de tudo isso, é que o futebol está nas mãos de empresários e políticos que só querem tirar vantagens do futebol e não oferecem nada em troca. É triste ver que com toda publicidade, não chega mil torcedores, e aproximadamente 30% entraram na faixa, assim não vai mesmo. Outro detalhe: 700 pagante rendeu pouco mais de 800,00, Quanto custou o ingresso?
 
Manoel Belo Viração Filho em 20/01/2014 10:24:02
É brincadeira de mal gosto, domingo a tarde assistir CENE e NOVO Op........., pior e ter que aguentar o Neto na BAND, ainda bem que temos INTERNET e assistimos meu Timão.
 
Luiz Valério Ramos em 20/01/2014 09:25:29
Clássico sem emoção. Queria o quê? Futebol em MS e MT se juntarem, não dá um campeonato que presta. Olha que futebol de bairro está mais animado do que o profissional.
 
Antonio Carlos em 19/01/2014 22:13:43
Talvez voces não tenham visto o jogo do Flamengo e o GRANDE AUDAX (EU ACHO QUE É ISSO).. e o Flamengo, é aquele mesmo campeão do Mundo... é cara.. ganhou por 1 x 0, em pleno Maracanã. Voces viram o Santos, na Vila,contra o XV de Novembro: 1 x 0 e o São paulo contra o Bragantino que perdeu por 2 x 0. Então meus amigos, pra voces que gostam de criticar o futebol do Estado, vejam, POR FAVOR, os jogos dos outros Campeonatos.. em Cuiabá, o Misto e o Operário, empataram por um gol. Carinha, o futebol brasileiro há muito tempo está nivelado por baixo. Não pensem voces dois que fizeram a matéria, que é só aqui.. não! Isso é em todo o pais. Só que lá foram, em cada Estado, o pessoal classifica como "O Melhor Campeonato" e Aqui, a turma gosta de taxar como o Pior. Essa é a grande diferença!
 
Gilson Giordano em 19/01/2014 18:40:33
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions