A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

29/11/2013 17:35

Estadual de Kart pode ter primeira mulher campeã neste fim de semana

Helton Verão
Yara, 18 anos poderá ser a primeira mulher a se consagrar campeã  estadual de kart, na categoria Super F4 Graduados (Foto: Arquivo Pessoal)Yara, 18 anos poderá ser a primeira mulher a se consagrar campeã estadual de kart, na categoria Super F4 Graduados (Foto: Arquivo Pessoal)

O fim de semana reserva a disputa das mais emocionantes que o Kart em Mato Grosso do Sul já viveu. A 6ª e última etapa do Estadual da modalidade irá consagrar o campeão em quatro das cinco categorias em disputa, já que na Executive Graduados, Paulo Cesar dos Santos faturou o título com sobra. A categoria Super F4 Graduados reserva uma das mais aguardadas ‘brigas’, afinal são quatro pilotos brigando pelo título e a favorita é Yara Deckner, 18 anos.

Com 77 pontos Yara lidera com quatro pontos de vantagem para o segundo colocado Fabrício Mota. Outros dois pilotos brigam para surpreender, Diego Gudes, com 70 pontos e Lucas Neto de Emílio, com 66 pontos. Vale lembrar que o vencedor da etapa contabiliza 25 pontos, o segundo 20, o terceiro 16 e em ordem decrescente até o 15º colocado, com a pontuação mínima de um.

Se caso Yara levar o título, ela será a primeira mulher na história a conquistar o Estadual em uma das categorias da modalidade. “A preparação forte, desde a última etapa mês passado. Estou ansiosa, pois a competição está acirrada, com mais três pilotos na briga. Nesta hora o emocional pode atrapalhar, tenho que ser fria”, ressalta a jovem.

Muito mais que o título, Yara espera que com ele, vença e encerre de uma vez um tabu e uma besteira que predomina nos esportes que misturam homens e mulheres. “É complicado ser a única mulher, existe muito preconceito. As pessoas começam a desconfiar, tudo que faço nunca é pelo meu mérito. Falam que meu kart que é bom e não eu. Esse título pode encerrar boa parte desse tabu”, comenta a piloto.

Ela revela que a paixão pelo automobilismo começou por volta dos 12 anos, nas brincadeiras com amigos no kart indoor, aquelas pistas onde se cobrar aluguel para correr por hora e teve também influência do irmão. “Corria com amigos no Kart Indoor, mas teve meu irmão também, que já foi bicampeão da categoria Kadett”, conta Yara, referindo-se ao ex-piloto Régis Volpe.

Yara no lugar mais alto do pódio (Foto: Arquivo)Yara no lugar mais alto do pódio (Foto: Arquivo)

Atualmente, Yara é a única mulher a correr em todas categorias do kart. Vale lembrar que a piloto Luana Senna já conquistou em 2011 o título da Copa Fundesporte, mas esta competição não era equivalente ao Estadual, já que paralelamente, neste mesmo ano, foi realizada a competição de maior relevância do Estado.

Outras categorias - Na Executive Sênior, José Roberto Barbosa, 35, lidera com 13 pontos de diferença para o segundo colocado, Marcos Rogério Covre, 42. Outros dois pilotos correm por fora, Rodrigo Staphanini e Renato Alencar, ambos com 74 pontos. “Como estou na frente, pretendo fazer uma corrida conservadora para não perder o título”, planeja José.

Estadual de Kart pode ter primeira mulher campeã neste fim de semana

O piloto já fez as contas para não se complicar na última prova. “Pelas minhas contas, chegando em terceiro, ninguém me alcança e o título seria meu”, calcula.

O segundo colocado, o piloto e também médico, Marcos Rogério, está pessimista quanto a disputa. Ele cita fatores que podem tender ao título do adversário. “Como não vivo do automobilismo, estou trabalhando muito, não tenho treinado com a frequência que acontecia antes. Fora que o José Roberto é sem dúvidas o melhor piloto em atividade no kart do Estado”, desanima Covre.

Super Senior – Marcos Rogério pode conseguir o bi, mas do vice campeonato em outra categoria que disputa também e a situação é até mais difícil, a Super Senior. Isso porque Renato Alencar lidera com 92 pontos, 21 pontos a mais que Covre.

Super F4 Sênior – Se Stephanini corre por fora na Executive Sênior, na Super F4 Sênior ele está próximo do título, pois lidera com 93 pontos, 15 a mais que Murilo Rolim.

Cinco pilotos do Estado serão selecionados (campeão e vice de cada categoria) para a Copa das Federações, etapa que será disputada de 12 a 14 de dezembro, no Beto Carreiro, em Santa Catarina.

Importante - Cada piloto pode descartar um resultado na temporada que não seja uma ausência. A FAMS alerta que exitem pendências sobre possíveis irregularidades em outras etapas. Então logo, podem haver alterações consideráveis na classificação.

Estadual de Kart pode ter primeira mulher campeã neste fim de semana

Heróis do asfalto – Mais que a técnica é de se ressaltar o amor de cada piloto pelo kart e o automobilismo. Nenhum, eu disse nenhum piloto em todas as categorias consegue viver apenas do automobilismo. Tudo é feito por amor.

Yara estuda o ensino médio e almeja voos mais altos. “O sonho pra mim seria a Fórmula Indy. Mas vejo isso distante. O kart pra mim levo como hobby. Consigo me manter graças ao meu pai, que é mecânico, o que reduz os custos para se manter na modalidade”, revela Yara.

“Ninguém sobrevive do kart. Estou aqui pela paixão. Fiquei 10 anos sem correr, voltei no ano passado”, conta o produtor rural José Roberto Barbosa.

Bicampeão e vice outra vez, há cinco anos na modalidade, Marcos Rogério Covre se diz de “saco cheio” com o amadorismo e que esta deverá ser sua última temporada. “Estou cansado desse amadorismo. O kart precisa de incentivo. Alguém que banque as reformas e manutenção do kartódromo. Quem corre de kart hoje, pode ser considerado um herói”, finaliza Covre.

Palavra do presidente - O presidente da FAMS (Federação de Automobilismo de Mato Grosso do Sul), Valdemir Terra, cita o momento da modalidade como um renascimento. Que a fase pior já passou, mas que ainda faltam alguns detalhes. “Precisamos reformar nossa pista para voltar a receber eventos nacionais. Isso custaria cerca de R$ 500 mil, estamos na esperança por ajuda da Prefeitura Municipal e Governo do Estado”, comenta o presidente.

Programação – Neste sábado começam os treinos livres, a partir das 9h30. Às 12h, a pista fecha e será reaberta às 14h para os livres da tarde. A tomada de tempo tem início às 16h20. Tendo o encerramento às 17h.

No domingo o bicho pega, a partir das 8h começam as movimentações, para a primeira prova às 8h30. Os horários acima poderão sofrer alterações por determinação do Diretor de Prova.

O Kartódromo Ayrton Senna está localizado na rua Bento de Souza, nº 1000, no bairro das Moreninhas. O melhor de tudo, a entrada é franca.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions