ACOMPANHE-NOS    
MAIO, DOMINGO  31    CAMPO GRANDE 29º

Esportes

Não adianta chiar, venda de cerveja no Morenão está mesmo proibida, diz FFMS

Por Paulo Nonato de Souza | 15/02/2017 10:22
Marco Antônio Tavares, dirigente da FFMS, disse que os clubes estão chiando sem motivo porque o regulamento geral da CBF já proíbe venda de cerveja nos estádios (Foto: Alcides Alves/Campo Grande News)
Marco Antônio Tavares, dirigente da FFMS, disse que os clubes estão chiando sem motivo porque o regulamento geral da CBF já proíbe venda de cerveja nos estádios (Foto: Alcides Alves/Campo Grande News)

A FFMS (Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul) vai publicar nesta quarta-feira em seu site oficial o despacho da Promotoria de Justiça de Direitos Difusos de Campo Grande sobre a proibição da venda de bebidas alcoólicas no Estádio Morenão, disse esta manhã o coordenador de Competições da entidade, Marco Antônio Tavares.

“Fomos notificados na última sexta-feira pela Promotoria de Justiça de Direitos Difusos, mas independente do que pede a Promotoria o regulamento geral da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) já proíbe a venda de bebida alcoólica nos estádios. Os clubes estão reclamando com a Promotoria sem motivos, porque eles sabem que essa proibição já existe”, declarou o dirigente da FFMS em entrevista há pouco ao Campo Grande News, por telefone, referindo-se às críticas do diretor de futebol do Comercial, Paulo Telles, e do presidente do Operário, Estevão Petrallás.

HISTÓRICO - A polêmica sobre a venda de bebida alcoólica nas praças esportivas sul-mato-grossenses voltou à tona esta semana, menos de um mês após a reabertura do Estádio Morenão.

A comercialização de cerveja nos estádios é proibida desde 2010, quando o veto foi incluído no Estatuto do Torcedor, mas a tensão em torno da a proibição em Mato Grosso do Sul se arrasta desde 2014, quando o MPE exigiu o cumprimento da medida para evitar clima de violência entre os torcedores.

Uma lei promulgada pela Câmara Municipal de Campo Grande no dia 24 de maio de 2016 e publicada no Diário Oficial do município seis dias depois, autoriza a venda de bebida alcoolica nas praças esportivas da Capital.

Veja o que diz a lei promulgada pelo presidente da Câmara Municipal de Campo Grande, vereador João Rocha (PSDB):

“Fica liberada a comercialização e o consumo de bebida alcoólica nos estádios de futebol localizados no município de Campo Grande, desde a abertura dos portões para o acesso ao público, até o final da partida, desde que servida em copos plásticos com os seguintes dizeres: “bebida e direção não combinam”ou “se beber não dirija”.