A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 13 de Dezembro de 2018

15/02/2017 10:22

Não adianta chiar, venda de cerveja no Morenão está mesmo proibida, diz FFMS

Paulo Nonato de Souza
Marco Antônio Tavares, dirigente da FFMS, disse que os clubes estão chiando sem motivo porque o regulamento geral da CBF já proíbe venda de cerveja nos estádios (Foto: Alcides Alves/Campo Grande News)Marco Antônio Tavares, dirigente da FFMS, disse que os clubes estão chiando sem motivo porque o regulamento geral da CBF já proíbe venda de cerveja nos estádios (Foto: Alcides Alves/Campo Grande News)

A FFMS (Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul) vai publicar nesta quarta-feira em seu site oficial o despacho da Promotoria de Justiça de Direitos Difusos de Campo Grande sobre a proibição da venda de bebidas alcoólicas no Estádio Morenão, disse esta manhã o coordenador de Competições da entidade, Marco Antônio Tavares.

“Fomos notificados na última sexta-feira pela Promotoria de Justiça de Direitos Difusos, mas independente do que pede a Promotoria o regulamento geral da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) já proíbe a venda de bebida alcoólica nos estádios. Os clubes estão reclamando com a Promotoria sem motivos, porque eles sabem que essa proibição já existe”, declarou o dirigente da FFMS em entrevista há pouco ao Campo Grande News, por telefone, referindo-se às críticas do diretor de futebol do Comercial, Paulo Telles, e do presidente do Operário, Estevão Petrallás.

HISTÓRICO - A polêmica sobre a venda de bebida alcoólica nas praças esportivas sul-mato-grossenses voltou à tona esta semana, menos de um mês após a reabertura do Estádio Morenão.

A comercialização de cerveja nos estádios é proibida desde 2010, quando o veto foi incluído no Estatuto do Torcedor, mas a tensão em torno da a proibição em Mato Grosso do Sul se arrasta desde 2014, quando o MPE exigiu o cumprimento da medida para evitar clima de violência entre os torcedores.

Uma lei promulgada pela Câmara Municipal de Campo Grande no dia 24 de maio de 2016 e publicada no Diário Oficial do município seis dias depois, autoriza a venda de bebida alcoolica nas praças esportivas da Capital.

Veja o que diz a lei promulgada pelo presidente da Câmara Municipal de Campo Grande, vereador João Rocha (PSDB):

“Fica liberada a comercialização e o consumo de bebida alcoólica nos estádios de futebol localizados no município de Campo Grande, desde a abertura dos portões para o acesso ao público, até o final da partida, desde que servida em copos plásticos com os seguintes dizeres: “bebida e direção não combinam”ou “se beber não dirija”.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions