A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 19 de Janeiro de 2018

05/03/2017 17:05

Operário cede o empate e terá de vencer o Luziânia fora de casa

Leonardo Rocha
Operário ficou no empate com o Luziânia (Foto: Marcos Ermínio)Operário ficou no empate com o Luziânia (Foto: Marcos Ermínio)

Com o apoio de um público de 4.472 pessoas, o Operário até tentou sair com o resultado positivo no primeiro confronto contra o Luziânia-DF, no Morenão. Mas, cedeu o empate no segundo tempo.

O jogo terminou 1 a 1. Com este resultado, o Galo vai ter que vencer o segundo jogo, fora de casa, para conseguir a classificação.

O primeiro tempo foi equilibrado. O Operário já no começo da partida chegou às redes, com o meia-atacante Wilson, que abriu o placar logo aos 2 minutos.

Depois, as duas equipes continuaram buscando o gol. No entanto, foi novamente o Galo que perdeu a chance de ampliar o placar, com o atacante Rodrigo Gral, que de frente com o goleiro, perdeu a oportunidade.

Os dois times voltaram para o segundo tempo debaixo de chuva. Desta vez, a equipe do Distrito Federal fez sua parte, correu atrás do empate, para decidir a vaga dentro da sua casa. O gol saiu aos 31 minutos da segunda etapa, feito pelo meio-campo Robinho.

Com o empate, a segunda partida vai ocorrer no dia 19 de março, daqui duas semanas, no Estádio Zequinha Roriz, mais conhecido como Serra do Lago, na cidade de Luziânia, no Estado de Goiás. Este confronto será o decisivo para decidir que time vai passar para próxima fase.

Torcida compareceu ao jogo no Morenão para apoiar o Operário (Foto: Marcos Ermínio)Torcida compareceu ao jogo no Morenão para apoiar o Operário (Foto: Marcos Ermínio)

Confronto – A Luziânia é bicampeã do Campeonato Candango de Futebol, como é conhecida a competição no Distrito Federal. Ganhou em 2014 e 2016, mas já amargou três rebaixamentos para a segunda divisão: 2000, 2007 e 2010. Já o Galo tenta resgatar os grandes resultados que teve no passado, em torneios nacionais e regionais.

A Copa Verde é uma competição organizada pela CBF (Confederação Brasileira de Futebol), que tem neste ano a participação de times do Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Distrito Federal, Espírito Santo, Tocantins, Roraima, Pará, Amazonas, Acre e Amapa. Nesta edição as equipes de Goiás não vão participar.

Torcida – Novamente os operarianos não decepcionaram o time e com um bom público, que contou com 4.472 pessoas, sendo 3.374 pagantes, o que gerou uma renda de R$ 32.685,00 ao jogo. Este apoio ficou evidente antes da partida começar, já que houve filas para entrar no estádio, no novo horário aos domingos, agora a partir das 15h.

O trânsito nas mediações do jogo também ficou mais lento, com congestionamento da Avenida Costa e Silva, que dá acesso ao estádio Morenão. Os torcedores que resolveram antecipar a chegada, escaparam das filas e puderam esperar com tranquilidade o início da partida. Muitas pessoas ainda reclamaram do novo horário, dizendo que preferia os jogos a partir das 16h.

Escalação:

O Operário veio escalado com: França, Paulinho, Fábio, Bruno, Luís Jorge, Eduardo Arroz, Wilson, Agnaldo, Leandro Dizi, Rodrigo Gral e Igor. O ténico do galo é Celso Rodrigues.

Já a equipe do Luziânia veio a campo com: Sid, Amaral, Cauê, Rodrigo Barros, Mailson, Castro Júnior, Thompson, Robinho, Renatinho, Laércio e Dan, sob o comando do técnico Ricardo Antônio.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions