A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

18/01/2016 17:07

Partidas no Douradão terão custo de R$ 3.320 aos times da Capital

Thiago de Souza
Estádio Douradão vai receber jogos dos times da Capital com custo de R$ 3.320. (Foto: A. Frota)Estádio Douradão vai receber jogos dos times da Capital com custo de R$ 3.320. (Foto: A. Frota)
Despesas com quadro de pessoal e serviços para jogos no Douradão. (Foto: Divulgação/FFMS)Despesas com quadro de pessoal e serviços para jogos no Douradão. (Foto: Divulgação/FFMS)

As partidas dos times de Campo Grande no Estádio Douradão devem custar R$ 3.320 por jogo, aos clubes. A informação é da FFMS (Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul) e dos clubes Comercial, Novoperário e Operário, que ainda terão de bancar despesas como transporte, hospedagem e alimentação do time na cidade do sul do Estado.

Os presidentes de Novoperário e Comercial estão confiantes na liberação do Estádio Jacques da Luz, nas Moreninhas, nessa quarta-feira (20). Porém, caso isso não ocorra, os times da Capital mandarão seus jogos em Dourados, o que vai demandar mais despesas. 

Segundo a FFMS, o custo de R$ 3.320 é referentes ao quadro de pessoal envolvido em uma partida de futebol. Por exemplo, a presença de encanador e eletricista, que saem a R$ 80 e R$ 120,00 respectivamente.

O presidente do Novoperário, Américo Ferreira da Silva Neto, disse que todas as adequações exigidas para o Estádio Jacques da Luz foram feitas, e por isso a chance de reabertura é de 100%. “Isso será muito bom, pois se ficarmos em Dourados vamos gastar mais de R$ 6 mil por partida”, pontuou. Neto ressalta ainda que a partida na Capital elimina outras despesas como gandula, que podem ser aproveitados da própria base do time.

O presidente do Comercial, Ítalo Milhomem, também acredita na liberação do Jacques da Luz, e diz que os custos com o jogo em Dourados prejudicam o time. “São três mil de ônibus, R$ 1.500 de hotel e 500 de alimentação”, calculou. O Campo Grande News não conseguiu contato com o presidente do Operário Futebol Clube.

De acordo com a FFMS, todas as adequações necessárias foram feitas no estádio e só falta a visita dos órgãos de segurança, como Bombeiros, Polícia Militar e Vigilância Sanitária. Pelo Estatuto do Torcedor, a federação tem até o dia 21 desse mês para protocolar os laudos no MPE (Ministério Público Estadual), e garantir a utilização do Jacques da Luz no certame. 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions