A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

02/06/2014 18:48

Patrocinadores dizem não e Cene ameaça abandonar o Brasileirão

Helton Verão
O clube que durante a disputa da Série A local teve mais de oito patrocinadores, agora amarga o não de várias empresas e investidoresO clube que durante a disputa da Série A local teve mais de oito patrocinadores, agora amarga o "não" de várias empresas e investidores

O hexacampeão sul-mato-grossense Cene (Clube Esportivo Nova Esperança) cogita tomar uma difícil decisão nesta semana. Desistir da disputa do Campeonato Brasileiro da Série D, por falta de dinheiro. A sistuação ficou escancarada na manhã desta segunda-feira (2), quando o diretor de futebol Paulo Telles postou no Facebook, a preocupação do clube.

O clube que durante a disputa da Série A local teve mais de oito patrocinadores, agora amarga o "não" de várias empresas e investidores, e os atletas vão aos poucos arranjando novos locais para jogar. “Tenho poucos dias para tomar essa decisão. A preocupação é verdadeira. Existem conversas, mas nada concreto”, lamenta o presidente José Rodrigues.

“Olá torcedor cenista e amantes do futebol da nossa terra, como de costume sempre temos reportados as ações e notícias do Cene e hoje reporto uma noticia nada boa para nossos torcedores. Em reunião realizada da diretoria do clube, o presidente José Rodrigues, deixou claro sua preocupação da não participação no brasileiro da Serie D. O não apoio e patrocinadores ao projeto Série C 2015 é o principal motivo da eventual desistência. Ficamos na torcida para que prefeitura, estado e patrocinadores possam ajudar na disputa do campeonato e assim colocarmos o MS no cenário futebolístico nacional”, desabafou Telles hoje.

A Prefeitura Municipal chegou a destinar alguns fundos para os clubes da Capital, mas Rodrigues explica que foram para as categorias de base. “Alguns patrocinadores do Estadual tem interesse em seguir, mas não é suficiente para pagar nossas contas”, completa José.

Quatro jogadores que participaram da campanha já confirmaram suas saídas, o artilheiro Guilherme, Eduardo Sapinho, Andrezinho e Biro. Outros jogadores já buscam outros clubes com a divulgação de vídeos nas redes sociais, é o caso do goleiro André Moreto.

O Furacão Amarelo espera definir sua situação ainda nesta semana para dar a resposta a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) .

Tabela - O Brasileirão para a equipe auriceleste tem início no dia 20 de julho, em Campo Grande, provavelmente no Olho do Furacão, contra o Anapolina. Dia 03 de agosto o adversário é o Villa Nova-MG, fora de casa; no dia 10, novamente fora, contra Brasiliense-DF.

No dia 17 do mesmo mês uma indefinição, Cene contra o adversário capixaba, a definir, em Campo Grande; No dia 24, o Furacão recebe o Brasiliense-DF; no dia 31, os capixabas recebem o Cene. A última partida em casa na primeira fase acontece no feriado de 7 de setembro, contra o Villa Nova-MG. O último jogo é fora, contra o Anapolina-GO.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions