ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, DOMINGO  25    CAMPO GRANDE 29º

Jogo Aberto

Amorim contrata advogado top e que não cobra barato

Por Edivaldo Bitencourt | 29/09/2015 06:00

Defesa top – O empresário João Alberto Krampe Amorim, dono da Proteco, recorreu a um dos advogados mais caros do país para defendê-lo nas investigações feitas pelo Gaeco e Polícia Federal. Ele contratou Alberto Zacarias Toron, que já trabalhou com réus do Mensalão do PT e da Lava Jato.

Cifra – Alberto Zacarias Toron é um dos mais caros advogados do País. Segundo reportagem do jornal O Globo, do Rio de Janeiro, o honorário mínimo do advogado é de R$ 1 milhão por causa. Ele já defendeu o ex-presidente da Câmara dos Deputados, João Paulo Cunha (PT).

Alvo – João Amorim é o principal alvo da Operação Lama Asfáltica, da Polícia Federal. Ele é acusado de liderar a organização criada para fraudar licitações e desviar recursos públicos. O empresário também é o alvo da Operação Coffee Break, do Ministério Público Estadual.

Boatos – Os aliados de Gilmar Olarte (PP) repetem a estratégia de Alcides Bernal (PP), que espalhavam boatos sobre o seu retorno. Eles espalham que amanhã haverá nova decisão do Tribunal de Justiça. No entanto, o grupo admite que a decisão seria só para tirar o atual prefeito do cargo e não contemplaria Olarte.

Irritado – Aliás, os boatos irritaram Bernal. Durante evento na manhã de ontem, ele admitiu que está cansado das falsas notícias e até das articulações nos bastidores pensando em ocupar seu lugar na prefeitura.

Alívio – Após um mês recluso, o vereador Airton Saraiva (DEM) foi visto, ontem, na Câmara Municipal. Ele conversou com assessores e com alguns vereadores, como João Rocha (PSDB), presidente da Comissão de Ética, e o ex-líder de Olarte no legislativo, Edil Albuquerque (PMDB).

Debandada – Vereador e prefeito de Nova Alvorada do Sul por dois mandatos, Arlei da Silva Barbosa não é mais do PT. Ele faz parte da debandada no partido. Arlei se filiou ao PMDB e deve disputar as eleições de 2016.

Prestígio – A filiação de Arlei levou toda a cúpula do PMDB a Nova Alvorada do Sul. A solenidade teve a presença do ex-governador André Puccinelli, do senador Waldemir Moka, e do presidente da Assembleia, Junior Mochi, todos do PMDB.

Troco – Os produtores rurais devem dar o troco ao protesto dos índios. Eles estão se organizado para ir em peso à Assembleia Legislativa manifestar apoio à CPI do Cimi, proposta pela deputada estadual Mara Caseiro (PTdoB). Na semana passada, aliados dos índios fizeram barulho e até houve confusão no fim da sessão. O caso foi parar na Polícia Civil.

Eleições – O Tribunal Regional Eleitoral vai ouvir jornalistas para saber sobre os pontos fortes e fracos da página do órgão na internet. O objetivo é levantar as deficiências e aprimorar o sítio da Justiça Eleitoral na internet.

(colaboraram Paulo Yafusso e Angela Kempfer)

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário