A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 21 de Outubro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


04/10/2014 07:00

Campanha eleitoral chega ao fim com pesquisa do Ibope

Edivaldo Bitencourt

Operação – Há uma grande ofensiva para encerrar as eleições de Mato Grosso do Sul neste domingo. Líder nas pesquisas, o senador Delcídio do Amaral (PT) trabalha ostensivamente e conta até com aliados governistas para vencer o pleito neste domingo.

Gafes – Na reta final da campanha, o senador petista cancelou uma caminhada na manhã de ontem na região da Avenida das Bandeiras. À tarde, Delcídio chegou atrasado à uma carreata na mesma região.

Operação 2 – Já o candidato Reinaldo Azambuja (PSDB) também não está parado e procura reagir à ofensiva para conquistar o eleitor de última hora. O objetivo é evitar a vitória do petista amanhã e garantir a decisão só no segundo turno.

Juntos – O governador André Puccinelli e a candidata ao Senado, a vice-governadora Simone Tebet, ambos do PMDB, votam juntos neste domingo. Eles votam na Escola Estadual Lúcia Martins Coelho, a partir das 9h.

Corumbá – Dos seis candidatos a governador de Mato Grosso do Sul, três são de Corumbá. Delcídio do Amaral (PT), Evander Vendramini (PP) e Marcos Antônio Monje (PSTU) votam na Cidade Branca.

Horário – Na disputa acirrada por uma vaga no segundo turno, os candidatos a governador Nelsinho Trad (PMDB) e Reinaldo Azambuja (PSDB) vão votar no mesmo horário: 10h. O primeiro vota na Escola Estadual Severino Ramos de Queiroz. Azambuja vota na Escola Lúcia Martins Coelho.

Nanico – O único a votar às 9h será o candidato do PSOL, professor Sidiney Melo. Ele anunciou que irá acompanhada da mulher na Escola Valdemar de Barros, na Moreninha.

Quatro horas – O Tribunal Regional Eleitoral vai concluir a apuração em Mato Grosso do Sul até às 21 horas. Ou seja, em questão de quatro horas, o Estado saberá se os 1,8 milhão de eleitores decidiram levar a decisão para o segundo turno ou não. Também serão divulgados os nomes dos novos deputados estaduais, federais e senador.

Estratégia – Simone deve ter uma eleição tranqüila neste domingo. Ela foi beneficiada pela divisão da oposição, que lançou dois nomes fortes. O PT apostou no médico Ricardo Ayache, que tem a militância petista a favor. No entanto, Alcides Bernal (PP) cooptou votos petistas ao apostar na oposição ao governador.

O Dia – A campanha eleitoral será encerrada em grande estilo neste sábado na Capital, maior colégio do Estado, com 582 mil eleitores. Delcídio, Reinaldo e Nelsinho realizam passeata na manhã de hoje. E o dia termina com a última pesquisa do Ibope antes do primeiro turno.

(colaborou Kleber Clajus, Ludyney Moura e Michel Faustino)

Crise da JBS rouba atenção de Temer
Foco na JBS - No Governo do Estado, a vinda do presidente Temer a Mato Grosso não teve a mobilização típica de visitas anteriores de presidentes. Na ...
Temer oscilou sobre decisão de vir para agenda em MS
Às pressas – A vinda do presidente Michel Temer para Mato Grosso do Sul neste sábado foi confirmada em cima da hora. A coluna apurou que tudo indicav...
Detran de MS avalia adesão a parcelar multa no cartão
Ainda não sabemos – O Detran de Mato Grosso do Sul avalia se vai fazer convênios que permitam parcelamento de multas no cartão de crédito. A autoriza...
Delcídio foi "fantasma" em sessão que manteve Aécio
Lembrado – O ex-senador e ex-petista Delcídio do Amaral está longe do Senado desde maio de 2016, quando foi cassado, mas nesta terça-feira foi bastan...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions