A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


04/10/2014 07:00

Campanha eleitoral chega ao fim com pesquisa do Ibope

Edivaldo Bitencourt

Operação – Há uma grande ofensiva para encerrar as eleições de Mato Grosso do Sul neste domingo. Líder nas pesquisas, o senador Delcídio do Amaral (PT) trabalha ostensivamente e conta até com aliados governistas para vencer o pleito neste domingo.

Gafes – Na reta final da campanha, o senador petista cancelou uma caminhada na manhã de ontem na região da Avenida das Bandeiras. À tarde, Delcídio chegou atrasado à uma carreata na mesma região.

Operação 2 – Já o candidato Reinaldo Azambuja (PSDB) também não está parado e procura reagir à ofensiva para conquistar o eleitor de última hora. O objetivo é evitar a vitória do petista amanhã e garantir a decisão só no segundo turno.

Juntos – O governador André Puccinelli e a candidata ao Senado, a vice-governadora Simone Tebet, ambos do PMDB, votam juntos neste domingo. Eles votam na Escola Estadual Lúcia Martins Coelho, a partir das 9h.

Corumbá – Dos seis candidatos a governador de Mato Grosso do Sul, três são de Corumbá. Delcídio do Amaral (PT), Evander Vendramini (PP) e Marcos Antônio Monje (PSTU) votam na Cidade Branca.

Horário – Na disputa acirrada por uma vaga no segundo turno, os candidatos a governador Nelsinho Trad (PMDB) e Reinaldo Azambuja (PSDB) vão votar no mesmo horário: 10h. O primeiro vota na Escola Estadual Severino Ramos de Queiroz. Azambuja vota na Escola Lúcia Martins Coelho.

Nanico – O único a votar às 9h será o candidato do PSOL, professor Sidiney Melo. Ele anunciou que irá acompanhada da mulher na Escola Valdemar de Barros, na Moreninha.

Quatro horas – O Tribunal Regional Eleitoral vai concluir a apuração em Mato Grosso do Sul até às 21 horas. Ou seja, em questão de quatro horas, o Estado saberá se os 1,8 milhão de eleitores decidiram levar a decisão para o segundo turno ou não. Também serão divulgados os nomes dos novos deputados estaduais, federais e senador.

Estratégia – Simone deve ter uma eleição tranqüila neste domingo. Ela foi beneficiada pela divisão da oposição, que lançou dois nomes fortes. O PT apostou no médico Ricardo Ayache, que tem a militância petista a favor. No entanto, Alcides Bernal (PP) cooptou votos petistas ao apostar na oposição ao governador.

O Dia – A campanha eleitoral será encerrada em grande estilo neste sábado na Capital, maior colégio do Estado, com 582 mil eleitores. Delcídio, Reinaldo e Nelsinho realizam passeata na manhã de hoje. E o dia termina com a última pesquisa do Ibope antes do primeiro turno.

(colaborou Kleber Clajus, Ludyney Moura e Michel Faustino)

Reinaldo apoia crescimento dos evangélicos
Decisão divina - Palestrante principal do Fórum Evangélico realizado nesta segunda-feira em Campo Grande, a cantora e pastora Damares Alves disse que...
2018 será ano mais curto para o Legislativo
Três meses – Carnaval, Semana Santa, campanhas eleitorais, Copa... Tudo isso encurta 2018 para os trabalhos legislativos. A observação é de Fábio Tra...
Máfia do Cigarro passa quase livre nas estradas
Esquema antigo - A atuação da Máfia do Cigarro em Mato Grosso do Sul vem de décadas e, de tempos em tempos, surge uma nova denúncia envolvendo polici...
MS também tem "bunker" cheio de dinheiro
Versão tupiniquim - O “bunker”de Geddel Vieira, que escondeu R$ 51 milhões de propina, tem versão pantaneira. Paredes de apartamento de um político e...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions