A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 20 de Agosto de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


18/11/2017 07:00

Dagoberto corteja Marquinhos

Marta Ferreira

Cortejo – Chamou atenção durante audiência na Câmaras dos Vereadores nesta sexta-feira (17) a presença do presidente estadual do PDT, Dagoberto Nogueira. O discurso dele foi cheio de elogios ao prefeito Marquinhos Trad (PSD), que foi ao local conversar com famílias sem-teto.

Dizem por aí –
Nos corredores da Câmara, o que se comentava é que o interesse de Dagoberto nas agendas do prefeito tem relação com a eleição de 2018. A legenda quer porque quer o apoio do prefeito a sua chapa na disputa majoritária.


Férias – O escritório político do ex-governador André Puccineli, na rua 15 de Novembro, em Campo Grande, está fechado e vai permanecer assim até o dia 27 de novembro. As férias coletivas começaram ontem, dois dias após Puccinelli ser preso durante a 5ª fase da Operação Lama Asfáltica. Ele foi solto na quarta-feira.

Motivo - Assessoria de imprensa de Puccinelli informou que as férias coletivas já estavam programadas, apesar de a previsão anterior de que o peemedebista assumisse o comando do partido neste sábado, 18 de novembro. O retorno ao trabalho está marcado para as vésperas nova data da convenção partidária, 2 de dezembro.

Sem prazo – Não há data prevista para que a decisão liminar que libertou Puccinelli e o filho dele seja avaliada por um colegiado do Tribunal Regional Federal, responsável por julgar o mérito do habeas corpus. A análise será da 5ª turma, à qual pertence o desembargador Paulo Fontes.

Recurso – O rotineiro nesse caso é que o MPF (Ministério Público Federal), responsável pela acusação, tente derrubar a liminar, o que reativaria o mandado de prisão. Nesse caso, a decisão está a carago da Procuradoria Regional em São Paulo, que atua junto ao tribunal de segundo grau da Justiça Federal.

Indefinida – Apesar da ida para o PMDB já dada como certa por alguns, a deputada federal Tereza Cristina garante que ainda não escolheu o seu novo partido. Segundo ela, continua avaliando convites dos peemedebistas e democratas.

Viagem – No fim de semana, afirma a deputada, vai ao interior do Estado. Ela diz que a ideia é consultar as bases.

Reforma - Após audiência pública realizada na terça-feira, a bancada do PT e sindicalistas tentam marcar nova reunião com o governo estadual, para discutir a reforma da previdência. A intenção é pedir a retirada do projeto enviado pelo governador, mas tanto os deputados quanto os representantes sindicais dizem estar “abertos” ao diálogo para eventuais mudanças na proposta.

Quem – O deputado Amarildo Cruz (PT) afirma que essa reunião precisa ter a participação de representantes da Ageprev (Agência Estadual da Previdência) e do secretário estadual de Governo, Eduardo Riedel. "Eles vão tentar conversar para evoluir algumas mudanças no projeto, já que não descartam inclusive entrar na Justiça, contra algumas medidas apresentadas", disse o petista.

(Com Mayara Bueno)

Os presos da Lama Asfáltica em números
1 mês – Nesta segunda-feira (19), o ex-governador André Puccinelli (MDB), o filho dele André Puccinelli Júnior e o advogado João Paulo Calves complet...
Rotatória da Coca-Cola e a falta de educação
Boca-suja– O diretor-presidente da Agetran (Agência Municipal de Trânsito), Janine de Lima Bruno, contou nesta semana que mudanças na confluência ent...
MDB teve divisões sobre Mochi candidato
Opinião – O deputado Eduardo Rocha (MDB) admite que a escolha de Junior Mochi para candidato na legenda não teve consenso desde o início, após a desi...
Senador critica "descaso" com Paraguai
Vizinho desprestigiado – O ministro Carlos Marun, da Secretaria de Governo, e o senador Pedro Chaves (PRB/MS) foram os dois únicos representantes de ...


duvido que a Deputada T. Cristina irá optar pelo PMDB, vez que suas lideranças passam por perrengues com a cadeia, além de que a legenda extremamente desgastada em nível nacional. Logo, espera-se que raciocine com olhos voltados para a razão política e não por eventual fidelidade a ajuda de outrora advinda de recursos do rei desnudo.
 
Antonio Vera em 19/11/2017 16:02:11
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions