A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 22 de Outubro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


13/01/2016 06:00

Deputados de MS estão fora da lista dos mais assíduos

Waldemar Gonçalves

Assíduos – Dos 513 deputados federais, apenas 19 compareceram a todas as sessões de votação em 2015. Segundo dados do blog Congresso em Foco, 11 destes parlamentares são novatos, em primeiro mandato. Manato (SD-ES), um dos veteranos assíduos, não falta há dez anos, sendo o atual campeão de assiduidade. Nenhum dos oito parlamentares de Mato Grosso do Sul figuram na lista dos mais presentes na Câmara dos Deputados ano passado.

Gastões – Se os deputados federais de Mato Grosso do Sul não aparecem na lista dos mais assíduos, também estão fora da relação dos que mais gastam o chamado “cotão”, a Cota para Exercício da Atividade Parlamentar, com valores que variam de R$ 27,9 mil a R$ 41,6 mil mensais, conforme a localidade de origem do parlamentar. Segundo o portal Uol, o benefício consumiu R$ 189 milhões em 2015 e nos primeiros dias de 2016. O campeão de gastos é Felipe Bornier (PSD-RJ), com R$ 674,5 mil.

Esburacada – Se não dá conta de fazer todo o trabalho, a Prefeitura de Campo Grande, pelo menos, cumpriu o prometido pelo prefeito, Alcides Bernal (PP). A trégua da chuva na manhã de ontem foi suficiente para, à tarde, equipes estarem tapando buracos na Avenida Ministro João Arinos, por exemplo, uma das centenas de vias parcialmente destruídas na cidade. A previsão era de que, ao longo do dia, equipes percorreriam 21 vias em diferentes regiões da Capital.

Contra o tempo – Trabalhando sob céu carregado, equipes que fazem o tapa-buracos correm contra o tempo. Precisam cobrir o maior número possível de imperfeições, que não são poucas. Se chover, a lama asfáltica usada fica inutilizável em questão de horas.

Personal I – Academias de ginástica estão proibidas de cobrarem taxas extras de alunos acompanhados de personal trainer, tampouco cobrar destes profissionais. A determinação consta na lei número 5.643, promulgada pela Câmara Municipal no fim de dezembro e publicada ontem no Diogrande.

Personal II – O estabelecimento que descumprir a lei será multado em cinco salários mínimos, ou R$ 4,4 mil em valores atuais, por denúncia. “Os profissionais de educação física, desde que acompanhados de seus alunos, terão livre acesso às academias de ginástica para orientar e coordenar as atividades respectivas de seus clientes”, estabelece trecho da lei.

Devagar – A Prefeitura de Campo Grande diz que depende de verba da Caixa Econômica Federal para consertar estragos na Avenida Ernesto Geisel, onde tubulações de esgoto e de águas pluviais romperam, danificando algumas pistas da via. Não há prazo para sair o dinheiro, mas projeto de construção de um parque linear ao longo do prolongamento da via e que segue emperrado.

Rápida – Enquanto isso, a Águas Guariroba, algumas horas depois de o problema surgir, estava no local arrumando a tubulação de esgoto, que é de sua competência. A previsão era concluir o serviço ainda na tarde de terça-feira.

Ranhura – O PDT tem convivido com ranhuras internas por conta das eleições municipais. Paulo Pedra, aliado de primeira hora do prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), é a esperança do pepista em ter o partido compondo chapa na disputa pela reeleição. O pedetista Felipe Orro, de outro lado, já deixou clara a intenção de entrar na disputa pelo Paço Municipal.

Palavra final – Quem deve ficar com a palavra final é o deputado federal Dagoberto Nogueira, presidente regional do PDT. Bernal já sinalizou que conta com o apoio dele na disputa, tanto que mantém Pedra, condenado pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral), em seu primeiro escalão. O líder pedetista ainda não indicou para que lado o partido vai nos próximos meses.

(com a redação)

Crise da JBS rouba atenção de Temer
Foco na JBS - No Governo do Estado, a vinda do presidente Temer a Mato Grosso não teve a mobilização típica de visitas anteriores de presidentes. Na ...
Temer oscilou sobre decisão de vir para agenda em MS
Às pressas – A vinda do presidente Michel Temer para Mato Grosso do Sul neste sábado foi confirmada em cima da hora. A coluna apurou que tudo indicav...
Detran de MS avalia adesão a parcelar multa no cartão
Ainda não sabemos – O Detran de Mato Grosso do Sul avalia se vai fazer convênios que permitam parcelamento de multas no cartão de crédito. A autoriza...
Delcídio foi "fantasma" em sessão que manteve Aécio
Lembrado – O ex-senador e ex-petista Delcídio do Amaral está longe do Senado desde maio de 2016, quando foi cassado, mas nesta terça-feira foi bastan...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions