ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, DOMINGO  20    CAMPO GRANDE 21º

Jogo Aberto

Festa dos 121 anos será menor, mas "vai ter", diz Marquinhos

Por Marta Ferreira | 03/08/2020 06:00
Autoridades no palanque do desfile de 26 de Agosto do ano passado: em 2020, não hai haver a parada por causa da pandemia de covid-19.
Autoridades no palanque do desfile de 26 de Agosto do ano passado: em 2020, não hai haver a parada por causa da pandemia de covid-19.

“Vai ter” - Foi a frase resumida usada pelo prefeito de Campo Grande ao responder a indagação da coluna sobre as comemorações ao aniversário de 121 anos da cidade, no dia 26 de agosto. Usualmente, o mês já começa com programação, mas este ano está tudo diferente por causa da pandemia de covid-19.

Vamos lançar – Foi exatamente a palavra “diferente” que Marquinhos usou para comentar como vão ser as celebrações de 2020. Segundo ele, vai haver lançamento de agenda, mas sem eventos públicos. “Não pode”.

Dois motivos – O prefeito lembrou que além do impedimento de eventos públicos, entre os quais se inclui o tradicional desfile de 26 de Agosto, por causa do risco de contágio pelo novo coronavírus, a festa deste ano também tem freios legais. É que ano de eleição, citou.

Faz tempo Pela investigação da coluna, Campo Grande só deixou de ter o desfile cívico no aniversário em tempos de guerra, o que dá a exata dimensão da gravidade da pandemia de novo coronavírus. A doença já matou 139 pessoas, desde 12 de abril, quando ocorreu o primeiro óbito na cidade.

União – O secretário de Justiça e Segurança Pública de Mato Grosso do Sul Antônio Carlos Videira ligou para o ministro da Justiça, André Mendonça, para contar o resultado da operação “Ostium”, que levou à apreensão de uma tonelada de cocaína neste domingo, com ações de caças baseados em Campo Grande. A ação envolveu Força Aérea Brasileira, Polícia Militar e Polícia Federal.

 Elogio – Videira disse que ao saber do trabalho integrado o ministro transmitiu parabéns às equipes participantes. “Mato Grosso do Sul é exemplo de integração”, afirmou.

O que é - "Ostium" é como a Força Aérea chama a operação de reforço permanente na vigilância do espaço aéreo na região de fronteira do Brasil. O objetivo é coibir voos irregulares que possam estar ligados a crimes como o narcotráfico.

Memória - Em 2019, a operação foi responsável por interceptação em Corumbá, vizinha à Bolívia, fornecedora de cocaína para o mercado internacional. Foi interceptada aeronave que vinha da Bolívia com meia tonelada de pasta base de cocaína, além de monomotor carregado com 330 kg do entorpecente, depois de entrar no espaço aéreo brasileiro sem plano de voo.

Transferido – Internado desde o 27 de junho em razão do contágio por covid-19, o deputado estadual Valdenir Machado foi transferido da UTI para o quarto neste fim de semana. Agora, terá direito a ficar com um familiar no Hospital Santa Rita, segundo informou a família.

Recuperação – Valdenir chegou a ter 50% dos pulmões comprometidos pela doença. Ele começou a ter os sintomas há cerca de 10 dias, mas só procurou o hospital na semana passada, achando que estava com problemas na vesícula.