A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 24 de Outubro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


30/04/2012 06:00

Gafe na missa

Jogo Aberto
Foto publicada no Facebook de um dos fiéis que estavam na área da organização, com a legenda Jesus humilde até hoje. Na imagem, a mesa onde estavam as hóstias consagradas, em frente ao camarim do padre.Foto publicada no Facebook de um dos fiéis que estavam na área da organização, com a legenda "Jesus humilde até hoje". Na imagem, a mesa onde estavam as hóstias consagradas, em frente ao camarim do padre.

Indignação católica

Durante a missa que celebrou o aniversário de cem anos da matriz da Igreja Católica em Campo Grande, as hóstias, já consagradas por um sacerdote, ficaram expostas ao público durante todo o tempo da celebração. Para quem não é praticante, pode não haver significado. Mas para os fieis, porém, foi um desrespeito deixar o que entre eles é o próprio corpo de Cristo sem proteção, o que não acontece se o rito for seguido religiosamente.

Inversão de valores

A gafe foi considerada ainda pior se comparada ao tratamento de pop star dado ao padre Fábio de Melo, a atração principal da celebração, com direito a palco e camarim exclusivo, além de cuidados dignos de artistas famosos. No resumo da ópera, o entendimento foi de que o corpo de Cristo recebeu menos cuidado do que o padre-cantor.

Sem resposta

Indagado sobre o tratamento dado às hóstias, o arcebispo de Campo Grande, Dom Dimas Lara, ficou surpreso e desconcertado. "Está errado" foi a única coisa que conseguiu dizer.

Revolta virtual

Não demorou muito para o assunto parar nas mídias sociais. O integrante de um grupo jovem da Igreja postou a foto mostrando a mesa onde ficaram as hóstias, ao lado do camarim do padre Fábio. Na legenda, citou a humildade de Cristo.

Vergonha alheia

Foi difícil entender porque. Mas Michel Teló, depois de se apresentar em um evento internacional em Miami, aterrisou no humoristíco Legendários, da Record, na noite de sábado, e topou participar de uma brincadeira, além de sem graça, vexatória.

Com calcinha/sem calcinha

Os joguinho consistia em saber qual, entre 6 mulheres fantasiadas de Marilyn Monroe, estava sem roupa íntima no palco.

Dupla improvável

De lambuja, Michel ainda teve de dividir o palco cantando com Latino. Ganharam até um suposto disco de vinil da dupla. Latino era todo sorriso e gracinhas. Já Michel usou de diplomacia, mas não estava tão confortável assim.

Torcedores

Em domingo de futebol, é difícil o assunto não dominar as conversas e as piadas. Até mesmo os políticos de peso trocam gracinhas futebolísticas, como aconteceu ontem com os senadores Waldemir Moka (PMDB) e Delcídio do Amaral (PT), após o o time do petista ser eliminado na semifinal do paulistão.

Dica de saúde

Após o tricolor perder por 3 a 1 para o Santos de Neymar, Moka enviou, via Twitter, uma receitinha para Delcídio "desengasgar" as espinhas do Peixe.

Marmelada

Outro petista, o deputado estadual Paulo Duarte, também foi alvo de gracinhas esportivas, por causa de uma corrida de 10 km da qual participou em Corumbá. Quem viu a foto do candidato a prefeito à frente de possíveis futuros assessores comparou com as situações em que o piloto Rubens Barrichello teve de perder para beneficiar Schumacher, por ordem dos boxes.

Vinda de Temer a MS atraiu poucos políticos
Recepção solitária – Programada em meio ao clima de tensão política sem fim em Brasília, a agenda do presidente Michel Temer em Mato Grosso do Sul no...
Crise da JBS rouba atenção de Temer
Foco na JBS - No Governo do Estado, a vinda do presidente Temer a Mato Grosso não teve a mobilização típica de visitas anteriores de presidentes. Na ...
Temer oscilou sobre decisão de vir para agenda em MS
Às pressas – A vinda do presidente Michel Temer para Mato Grosso do Sul neste sábado foi confirmada em cima da hora. A coluna apurou que tudo indicav...
Detran de MS avalia adesão a parcelar multa no cartão
Ainda não sabemos – O Detran de Mato Grosso do Sul avalia se vai fazer convênios que permitam parcelamento de multas no cartão de crédito. A autoriza...



Fico triste com um cenário religioso desses em Campo Grande/MS morei durante 15 anos e sempre achei que poderia mudar e evoluir ! valorizar mais os artistas locais, inclusive foi um dos motivos que me levaram para SP, pois se valorizassem os artistas católicos locais, com certeza não precisaria vir para SP para evangelizar ! espero que o BOTE FÉ não aconteça tal atrocidade !
 
Adriano Oliveira em 02/05/2012 09:27:15
Depois que Padres começaram a virar artistas, só falta na hora da missa eles chamarem JESUS de Jenésio.
 
porfirio vilela em 01/05/2012 07:11:49
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions