A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 24 de Outubro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


15/06/2011 06:04

Sem corpo

Jogo Aberto

Durante sabatina aos candidatos a vaga para o TCE, o deputado Pedro Kemp lembrou que, apesar de ter deixado o cargo de secretário de Educação há mais de 10 anos, ainda hoje recebe notificações do Tribunal de Contas, com pedido de esclarecimentos sobre gastos no governo.

E a sabatina produziu cenários inimagináveis há dez anos. O PT apareceu como principal parceiro do PR de Antonio Carlos Arroyo, para contrariar preferência do governador André Puccinelli à senadora Marisa Serrano. Outra cena que deixaria qualquer petista incrédulo nos idos de 2001 foi a do ex-PT e atual PSDB Ben-Hur Ferreira grudado nas costas da tucana, como maior apoiador da senadora atualmente.

Motivo de orgulho dos deputados estaduais, a todo momento durante a sessão para ouvir Marisa Serrano e Antônio Carlos Arroyo os parlamentares lembraram que a Assembleia de Mato Grosso do Sul é pioneira em sabatinas para escolha de um membro do TCE.

O PT não perdeu a oportunidade e o deputado Pedro Kemp também registrou que foi a primeira vez na história do Legislativo que um membro da oposição ao governo presidiu a Comissão de Constituição e Justiça. Kemp assumiu o posto porque o titular da comissão, o deputado Arroyo, ficou impedido por ser candidato à vaga.

O deputado Laerte Tetila (PT) aproveitou para defender prefeituras junto ao TCE. Com contas rejeitadas em Dourados, quando era prefeito, ele pediu a Arroyo e Marisa, já que um deles será conselheiro, para que o Tribunal de Contas "alivie" para o lado do executivo municipal.

O Tribunal de Justiça julga hoje ação que contesta contratações sem concurso público na prefeitura de Bela Vista. O município faz a admissão de pessoal para prestação de serviços de saúde e educação alegando necessidade temporária de excepcional interesse público.

O projeto de lei do governo estadual, que recria a lei de incentivos fiscais no Estado, deveria ser apreciado ontem pela CCJR, mas por conta do processo no TCE ficou para a próxima semana. Dessa forma, o Estado continua sem nenhuma lei do tipo, já que o STF derrubou os principais artigos que vigoravam em Mato Grosso do Sul.

Depois de mais uma recusa da Secretaria de Saúde do Estado de assinar acordo sobre a Santa Casa, reunião marcada para hoje foi cancelada, depois de já ter sido adiada. O Ministério Público do Trabalho promete providências, mas na semana que vem.

Em 4 dias de festa junina, o Arraial de Santo Antônio recebeu 200 mil pessoas, segundo estimativa da prefeitura de Campo Grande. Só no domingo, com show de Paula Fernandes, foram 100 mil. O recorde preocupa quem foi até o local no dia 12, porque a Praça do Papa não suportou tamanha aglomeração.

A deputada Mara Caseiro (PTdoB) repudiou em tribuna ontem a demora do IML (Instituto Médico Legal) em Mato Grosso do Sul para liberação de corpos no interior. Trabalhador de 40 anos, morto em um acidente na madrugada de domingo em Eldorado, teve de ser encaminhado a Caarapó e o corpo só foi liberado dez horas depois.

Vinda de Temer a MS atraiu poucos políticos
Recepção solitária – Programada em meio ao clima de tensão política sem fim em Brasília, a agenda do presidente Michel Temer em Mato Grosso do Sul no...
Crise da JBS rouba atenção de Temer
Foco na JBS - No Governo do Estado, a vinda do presidente Temer a Mato Grosso não teve a mobilização típica de visitas anteriores de presidentes. Na ...
Temer oscilou sobre decisão de vir para agenda em MS
Às pressas – A vinda do presidente Michel Temer para Mato Grosso do Sul neste sábado foi confirmada em cima da hora. A coluna apurou que tudo indicav...
Detran de MS avalia adesão a parcelar multa no cartão
Ainda não sabemos – O Detran de Mato Grosso do Sul avalia se vai fazer convênios que permitam parcelamento de multas no cartão de crédito. A autoriza...



Acho queo deputado recebe notificação até hoje é porque, fez um trabalho ruim, que acaba por ser cobrado por meio notificações do TCE, se fosse um bom secretário não estaria enfrentando estes problemas. O parlamentar recobriu a secretaria de educação de filiados ao partido dele sem ao menos fazer a avaliação do critério técnico.
Sai pra lá com essa desculpinha
 
Pedro Alcantara em 15/06/2011 09:30:34
Só falta dizer agora que a Marisa ganhou, porque o Bem-Hur estava do lado, cara, o seu lugar não é ai, quem te fez conhecido, é um partido de militantes, não de acordos, igual este que voçe acaba de ver ai sentado, e ai senadora, cadê a Educação....................
 
Paulo Santos em 15/06/2011 07:49:52
Acho que trazer um cantora igual a Paula Fernandes deveria ser aberto onde todos poderia ver o show, dos 100 mil presente no arraia de domingo a metade ficou de fora, e muitos nem conseguirão chegar o transito não comportou tanto veiculo na mesma direção....
 
José Arantes em 15/06/2011 06:49:13
Nossa realmente o transito de campo grande está ficando cada vez mais caotico, acho que deveria ja ser feito um projeto de mudança no transito ,ou seja deveria ser feito um planejamento rodoviaria,para nao acontecer(que infelizmente ja esta acontecendo)como em Sao Paulo,o transito se transformar em algo tao caotico.Secretario de educação vamos investir e planejar mais quanto a infraestrutura rodoviaria de Campo Grande!
 
Reinaldo Costa em 15/06/2011 03:30:39
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions