ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JULHO, SEGUNDA  15    CAMPO GRANDE 17º

Jogo Aberto

Prédio abandonado de conselho mais parece destroço pós-arrombamento

Por Gabriela Couto e Silvia Frias | 19/06/2024 06:00
Vidros espalhados pelo chão na sede do Conselho. (Foto: Direto das Ruas)
Vidros espalhados pelo chão na sede do Conselho. (Foto: Direto das Ruas)

Treta no conselho - Falta de manutenção da antigaga sede do Conselho Regional de Fisioterapia virou denúncia no MPMS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul). Há três semanas fotos confirmaram vidros estourados, muros pichados e sujeira na estrutura. O caso segue em andamento dentro do órgão de fiscalização. Difícil é entender como alguém consegue trabalhar ali.

Indignado - Deputado Pedro Caravina (PSDB) mostrou indignação ao falar sobre o reajuste do pedágio pela CCR MS Via. "Nós tínhamos pactuado que não haveria aumento da tarifa enquanto não fosse feita a repactuação do contrato. Agora eles alegam reequilíbrio inflacionário. Como se está parado no TCU há sete meses? Veio o reajuste que está causando indignação de todo MS. Peço a assessoria jurídica da Casa para saber se a PGE pode entrar com pedido de suspensão do reajuste. Não é concebido se não temos informação da repactuação. Que eu já acho um absurdo".

MPU - Depois de já ter vencido o prazo de análise do contrato de repactuação no TCU (Tribunal de Contas da União), o Executivo cobrou o órgão de controle. A informação é que o próximo passo é que o texto seja analisado no MPU (Ministério Público da União) e que ainda seja publicado o texto para saber se há interessados em cumprir o contrato nas novas condições. Somente depois de todas as fases a repactuação deve ocorrer. A expectativa do governo é que seja até setembro.

Sobrou para a CCJR - O deputado Pedro Kemp (PT), reclamou da demora nas avaliações da principal comissão da Casa de Leis, a CCJR. “Eu espero que a Comissão de Constituição, Justiça e Redação possa se sensibilizar e faça o projeto tramitar". Quem também aproveitou para cobrar celeridade em outra pauta foi Rinaldo Modesto (Podemos). "Eu tenho também um projeto que é lei em Brasília, sobre responsabilizar quem faz violência doméstica a arcar com as despesas, e aqui a gente debate essa questão de competência, fica no limbo”, frisou.

Tribuna - O deputado Paulo Duarte (PSB), voltou a abordar o assunto da responsabilização dos fios na tribuna da Assembleia Legislativa, durante a sessão desta terça-feira (18). “Estou entrando com uma representação no Ministério Público Federal [MPF], já conversei com o secretário de Justiça e Segurança Pública, Antônio Carlos Videira, com o presidente da Energisa, pois precisamos dar um jeito nisso, reclamou.

Nunca vi - Com fotos da “esculhambação” dos fios pelas ruas isso, reforçou que “isso é uma demonstração de completa omissão e descaso, um espetáculo de horror no Estado. Operadoras fazem o que entendem e não prestam conta para ninguém. Eu nunca vi ninguém com uniforme da Agência Nacional de Energia Elétrica [Aneel] e da Agência Nacional de Telecomunicações [Anatel]”.

Retratação - Grupo de mais de 200 aposentados está se mobilizando e promete cobrar da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa, a retratação do deputado estadual Paulo Corrêa (PSDB) que mandou os manifestantes tomar 'chazinho de gardenal', para se acalmarem, no início deste mês. O grupo promete voltar as manifestações nos próximos dias.

Aposentados -  A pauta dos aposentados volta a ser debatida pela comissão da Assembleia e a SAD (Secretaria de Estado de Administração) nesta quarta-feira (19). Deputados e o titular da pasta, Frederico Felini, retomam os trabalhos para encontrar uma alternativa do desconto de 14% da Ageprev (Agência de Previdência Social de MS).

Festão – Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul firmou convênio de R$ 414 mil para realização da 29ª Festa da Padroeira Nossa Senhora Aparecida de Novo Horizonte do Sul, distante 337 quilômetros de Campo Grande. Desse total, R$ 400 mil são de repasse direto e R$ 14 mil em contrapartida. No ano passado, as homenagens incluíram Santa Missa, Coroação de Nossa Senhora, carreata e bênção de veículos, além de festa pelo Dia das Crianças.

Mais suspense - A prefeita Adriane Lopes (PP) anunciou uma nova data para o evento em que vai, finalmente, dar detalhes sobre a construção do Hospital Municipal. Seria no dia 15, mas ficou para dia 25 deste mês. Apesar de falar sobre a data no plenário da Câmara Municipal na terça-feira (18), a prefeita não revelou o local oficialmente.

Nos siga no Google Notícias