A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 19 de Outubro de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


07/12/2017 06:00

Secretário torce e comemora venda da folha

Marta Ferreira

Torcida - Parecia um jogo valendo título a forma como o secretário de Finanças e Planejamento de Campo Grande, Pedro Pedrossian Neto, acompanhava a abertura das propostas para administração da folha de pagamento da prefeitura nesta quarta-feira.

Comemoração - Quando ficou definido que o Bradesco vai continuar com o serviço, e pagar R$ 50 milhões, o secretário ficou com cara de torcedor feliz. Puxou palmas e cumprimentou todos que estavam na Central de Compras.

A definir – A venda do direito de administrar a folha dos mais de 23 mil funcionários era a “salvação” da lavoura para pagar o 13º do funcionalismo. Mas o prazo para que isso ocorra ainda não está definido.

Trâmites – Embora o processo licitatório estabeleça um dia de prazo para o depósito do valor envolvido, Pedrossian Neto informou que ainda há providências a serem adotadas até definir uma data. Mas garantiu: não passa da semana que vem.

Contrários - A bancada do PT está disposta a incomodar um pouco o governo sobre o projeto do orçamento. A cada sessão apresentam requerimentos pedindo informações sobre despesas e gastos, que segundo eles, não constam no projeto enviado ao legislativo. Solicitaram os gastos com publicidade e quanto vai deixar de arrecadar com os benefícios fiscais.

Nada a declarar – Antes cogitado para assumir Sejusp (Secretaria de Justiça e Segurança Pública), Coronel David agora nem quer falar do assunto, depois que decidiu votar contra a reforma da previdência. Seu foco agora, afirma, que seu foco já é o planejamento da campanha de Jir Bolsonaro no Estado.

Conversas – Segundo ele, na semana que vem fará reunião com Bolsonaro, para discutir detalhes. Um dos assuntos será a possível ida de ambos para o PEN, que passará a se chamar Patriota.

Plano ambicioso - Lidio Lopes, presidente estadual da legenda, afirma que a meta no Estado é eleger deputados estaduais e federais. Quanto a uma candidatura ao governo, ainda não há definição.

(Com Leonardo Rocha e Mayara Bueno)

Adeus a "Playboy" tem foto de bebida na mesa de bar
Despedida – Tem gosto amargo e dolorido, principalmente para as pessoas próximas, a última foto postada nas redes sociais por Marcel Colombo, conheci...
Campanha, tiro na escola e oportunismo
“Guerra virtual” – Não podia ser diferente. O episódio lamentável em que uma criança de 9 anos entrou armada na sala de aula em Campo Grande e atirou...
Justiça agora pode até cobrar Delcídio
Ainda à espera - A Justiça Eleitoral rejeitou o registro de candidatura de Delcídio Amaral (PTC) ao Senado, depois da derrota nas uras. A juíza Eliza...
Clima de campanha não poupa nem festões
Todo lugar - O clima de campanha, neste segundo turno polarizado, não deixa escapar nem os casamentos. Durante festa no sábado no bufê Murano, na Ave...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions