ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, DOMINGO  25    CAMPO GRANDE 29º

Jogo Aberto

Shopping sem cartão e de um banco só

Por Edivaldo Bitencourt | 24/08/2013 07:00

Shopping de um banco – Inaugurado com pompa e estilo, o Shopping Bosque dos Ipês tem monopólio bancário. Só os clientes do Banco do Brasil são contemplados com um caixa eletrônico no local. O pior é que o consumidor na mão, literalmente, já que o centro comercial fica longe de tudo.

Na mão – Se o consumidor esquecer ou for desprevenido, corre o risco de ficar dentro do Shopping Bosque dos Ipês dependendo de favor para sair. A moderna máquina de estacionamento não conta com a opção de cartão de débito. Ou seja, quem não levar R$ 5,00 para pagar a estadia do veículo, corre o risco de voltar a pé da saída de Cuiabá.

Cartão de débito – O problema do shopping também é agravado porque vários estabelecimentos comerciais ainda não estão passando cartão de crédito ou débito. Ou seja, o consumidor tem que levar dinheiro vivo para comer e fazer compras em várias lojas.

Eu sou o bom – O prefeito da Capital, Alcides Bernal (PP), não poupou elogios à sua carreira política ontem de manhã, em entrevista no rádio. Ele disse que foi o vereador novato mais votado, o vereador reeleito com o maior número de votos e o prefeito com a votação mais “consagradora da história” da Capital.

Estratégia – Aliás, o prefeito e o vereador Cazuza (PP) tem uma estratégia para falar para a audiência. Bernal sempre dá entrevista de manhã, uma espécie de café da manhã com o prefeito, por volta das 7h e antes da música do dia.

Prefeito – Os vereadores não perderam a oportunidade de cutucar o prefeito na sessão solene de entrega dos títulos de Cidadão Campo-Grandense. Como levaram “bolo” do progressista, todos passaram a tratar o vice-prefeito, Gilmar Olarte, como prefeito.

Cachê – Não é apenas o bispo Rodovalho que vai receber da Prefeitura para participar da Marcha para Jesus. O músico André Valadão, conforme extrato do contrato publicado ontem no Diário Oficial do Município, vai levar R$ 40 mil pela apresentação nesta segunda-feira.

Mais conforto – Por falar nos eventos alusivos aos 114 anos, a prefeitura fez questão de divulgar que os espectadores do desfile terão mais conforto neste ano. Até um simples evento é usado para “cutucar” o antecessor, Nelson Trad Filho. Até a comparação com banheiros químicos foi feita no site oficial do município.

Encontro – Os vereadores e o prefeito Alcides Bernal devem ter o primeiro encontro na segunda-feira, durante o desfile cívico-militar em comemoração ao aniversário da Capital. O encontro promete, principalmente, após o “bolo” no evento da Câmara Municipal para a entrega dos títulos de cidadão.

Clima – Aliás, o clima entre o prefeito e os vereadores é de “ânimos acirrados”. Tudo porque ele e a oposição vivem fazendo as contas para saber quantos votos cada lado tem para votar a cassação de Bernal. Os oposicionistas contabilizam 20 votos. Bernal divulga que terá 15. Só tem um problema, a Câmara Municipal tem apenas 29 vereadores.


(colaborou Jéssica Benitez)

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário