A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


02/08/2012 06:00

Trava judicial

Jogo Aberto

Queixa

Deputados estaduais analisaram uma particularidade nas eleições deste ano: o “peso” da Justiça Eleitoral no processo. Na opinião de Junior Mochi (PMDB) o pleito está “judicializado” demais. Para o parlamentar, o exemplo é a enxurrada de impugnações, segundo ele, muitas sem procedência e utilizadas como armas por adversários.

Responsabilidade inversa

Cabo Almi (PT), vice de Vander Loubet na disputa pela Prefeitura da Capital, reclamou que a Justiça Eleitoral dita o ritmo da campanha e cada juiz decide conforme sua conveniência em diversos municípios. Segundo ele, falta uniformidade no cumprimento da legislação eleitoral.

Agora aguenta

A música “Eu Quero Tchu E Tcha”, sucesso da dupla João Lucas e Marcelo, ganhou mais uma versão de jingle para campanha no Estado. Depois do “Eu quero 15 eu quero já”, letra para embalar votos para a candidatura de Edson Giroto à prefeitura do PMDB, agora o hit deve se propagar em Paranaíba.

Tita

“Eu quero Ti, eu quero Ta. A garotada treme”, explicou o deputado Diogo Tita (PPS), candidato a prefeito no município.

Moção

Deputados estaduais demonstraram solidariedade a Pedro Kemp (PT) pela morte do pai do parlamentar petista. A Assembleia Legislativa dedicou moção ao falecimento.

Televisão

O comando de campanha de Reinaldo Azambuja à Prefeitura de Campo Grande aposta no início da propaganda eleitoral gratuita na televisão para alavancar a candidatura tucana. Segundo o deputado Márcio Monteiro (PSDB), o desempenho do peesedebista só será analisado com maior precisão após o início da propaganda na tevê.

Números

O partido sabe que um dos principais desafios é fazer a população da Capital conhecer o deputado federal. Mas veem como vantagem a baixa rejeição de Azambuja, demonstrada em consultas internas.

Inversão

Para complicar ainda mais essa tarefa, material de divulgação da campanha da aliança PSDB/PPS, divulgado ontem, trazia o nome do candidato a vice, Athayde Nery, com um destaque bem superior ao do próprio candidato a prefeito. Era uma divulgação sobre entrega de propostas ao Crea.

Toma lá da cá

Em Aquidauana, uma dívida da Prefeitura com o antigo Banco dos Santos virou munição para a campanha. De um lado, o prefeito de Aquidauana (PMDB), Fauzi Suleiman, que busca reeleição, é acusado de não ter apresentado defesa para evitar o problema. Do outro, a administração do ex-prefeito José Henrique Trindade (PDT), outro candidato, é apontada como responsável pelo surgimento do débito.

Sou eu!

O candidato do PP à Prefeitura de Campo Grande, Alcides Bernal, voltou a afirmar que sua candidatura será marcada pela economia de recursos. O progressista disse que é o próprio marqueteiro da campanha e quem dá as diretrizes de seu programa é a população.

Trabalho inglório

A reforma do sistema carcerário brasileiro esteve na pauta entre os deputados estaduais e do presidente da AMB (Associação dos Magistrados Brasileiros), Henrique Nelson Calandra. Segundo o presidente da entidade, é possível implantar programas para recuperar detentos com ações desenvolvidas pelos estados. Ele afirmou que o País tem meio milhão de presidiários, sendo 240 mil provisórios. Outros 160 mil mandados estão para serem expedidos porque aguardam vagas nas unidades prisionais, informou Calandra.

Pezão pede dica a Reinaldo sobre dívida
Pedido de ajuda - Ao anunciar ontem o depósito do décimo-terceiro salário dos servidores, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) reforçou o discurso d...
Após "perder" cargo, deputado muda o tom
Mudou – Antes cotado para assumir uma secretaria do governo do Estado, o deputado Coronel David (PSC) está agindo ultimamente como oposição ao Govern...
Reinaldo apoia crescimento dos evangélicos
Decisão divina - Palestrante principal do Fórum Evangélico realizado nesta segunda-feira em Campo Grande, a cantora e pastora Damares Alves disse que...
2018 será ano mais curto para o Legislativo
Três meses – Carnaval, Semana Santa, campanhas eleitorais, Copa... Tudo isso encurta 2018 para os trabalhos legislativos. A observação é de Fábio Tra...


"A reforma do sistema carcerário brasileiro..." Devriam ter um projeto para movimentar esses presos que vivem na ociosidade, planejando besteiras., O governo deveria investir naqueles que querem sair da marginalidade através dos esportes, imaginem um grande campeonato de futebol entre presídios, jogadores tem, goleiros tbém, ehehe. Poderiam até formar grandes atletas ali dentro, porque aqui fora..
 
Neuci Augusta Fonseca em 02/08/2012 01:24:27
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions