A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 21 de Outubro de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


26/03/2011 06:09

De olho na vaga

Jogo Aberto

Estreante na Assembleia, a deputada Mara Caseiro até agora não contratou assessor de imprensa. A justificativa seria contas ainda de campanha, prioridade de pagamento para a parlamentar.

Para mudar a imagem junto ao eleitorado, a Assembleia substitui a logomarca,agora com um traçado bem mais moderno. Em campanha publicitária na TV também fica claro que a palavra a ser difundida é tranparência.

O Shopping Norte Sul Plaza nomeou finalmente um superintendente, Pedro Correia é o nome. O administrador tem no curriculo a Ambev, Philip Morris e e grandes empresas varejistas como C&A e Riachuelo.

De cara, o grupo já abocanhou do principal concorrente o contador, especialista em controladoria, Juarez Queiroz, ex-gerente financeiro do Shopping Campo Grande. Também saiu de lá a responsável pelo marketing, Daniela Masson.

No que depender do deputado estadual Alcides Bernal, a formação do tal blocão na Assembleia Legislativa pode se chamar esperança: a última que morre. Segundo Bernal, falta apenas a assinatura de Lauro Davi para a formação, depois que o petista Cabo Almi aderiu ao bloco.

Apesar de Lauro já estar bem satisfeito com espaço que conseguiu como membro de comissão, Alcides jura ainda acreditar que a assinatura do deputado é apenas uma questão de tempo. Isso, quando nem os petistas falam mais no assunto com entusiasmo.

Equipe de jornalistas de Corumbá está revoltada com a atuação da Polícia de Trânsito. Carro do site Capital do Pantanal parou para descarregar troféu pesado de premiação de melhores do carnaval de 2011 e o final da história foi com 3 multas, por estacionamento proibido, descumprir ordens enão usar cinto.

Depois da série de denúncias e troca de acusações entre professores do curso de História da UFMS, agora a roupa suja começa a ser lavada no curso de Educação Física. Suspenção por 60 dias de professor, revoltou alunos.

Ainda sobre o curso de História, no ano passado a briga entre velha guarda e recém chegados na docência rendeu tanta briga que até hoje alguns livros considerados raros, que pertencem ao curso, estão no cofre da Justiça Federal, a pedido de professor.

Nesta semana, em sessão no TJ, desembargador ao defender voto pela permanência do meio período no Judiciário emendou que o que falta no poder é servidor, não magistrados. A platéia, cheia de advogados ávidos por concursos, foi um misto de desconforto e satisfação.

Adeus a "Playboy" tem foto de bebida na mesa de bar
Despedida – Tem gosto amargo e dolorido, principalmente para as pessoas próximas, a última foto postada nas redes sociais por Marcel Colombo, conheci...
Campanha, tiro na escola e oportunismo
“Guerra virtual” – Não podia ser diferente. O episódio lamentável em que uma criança de 9 anos entrou armada na sala de aula em Campo Grande e atirou...
Justiça agora pode até cobrar Delcídio
Ainda à espera - A Justiça Eleitoral rejeitou o registro de candidatura de Delcídio Amaral (PTC) ao Senado, depois da derrota nas uras. A juíza Eliza...
Clima de campanha não poupa nem festões
Todo lugar - O clima de campanha, neste segundo turno polarizado, não deixa escapar nem os casamentos. Durante festa no sábado no bufê Murano, na Ave...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions