ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, SEXTA  21    CAMPO GRANDE 25º

Arquitetura

Fazenda é levada para quarto de bebê com berrante e móveis antigos

Uso da madeira, do crochê e móveis antigos transporta o clima rústico para dentro do quartinho infantil

Por Thailla Torres | 03/11/2021 14:00
Madeira se destaca no ambiente, que ganhou outros elementos afetivos na decoração. (Foto: Janaina Lott)
Madeira se destaca no ambiente, que ganhou outros elementos afetivos na decoração. (Foto: Janaina Lott)

Tem dias que a vontade é fugir para um paraíso no campo ou cantinho mais rústico. E quem não tem propriedade para sair do clima urbano o jeito é apostar na decoração que traz esse conceito. Esse foi o ponto de partida da designer de interiores Daniela Loch e as arquitetas Daiane Maeda e Maria Claudia Guimarães, que assinam o Quarto do Bebê, ambiente de 20 m² na Casacor MS.

“Conexão com as raízes” é o conceito do quarto infantil, inspirado no verde de Mato Grosso do Sul, fauna do Pantanal e nas fazendas abundantes da região.

Destaque para pintura da parede feita à mão para representar fauna do Pantanal. (Foto: Janaina Lott)
Destaque para pintura da parede feita à mão para representar fauna do Pantanal. (Foto: Janaina Lott)

O uso da madeira em quase todo o ambiente garante rusticidade e aconchego que elas queriam. “Totalmente inspirado na cultura sul mato-grossense, no estilo sertanejo das fazendas do nosso Pantanal”, ressalta Daniela.

As profissionais apostaram numa composição repleta de itens rústicos, onde o country está nos detalhes como papel de parede xadrez, revestimentos e esquadrias de madeira que cobrem piso e paredes.

Destaque para os móveis antigos e originais adquiridos. “A ideia foi justamente utilizar móveis de estilo antigo e rústico para dar uma sensação de nostalgia, móveis de família”.

Cela, berrante e violão trazem o clima da fazenda para o quartinho. (Foto: Janaina Lott)
Cela, berrante e violão trazem o clima da fazenda para o quartinho. (Foto: Janaina Lott)

Aliás, o tom familiar não aparece só no mobiliário, mas na decoração, que conta com diversos artesanatos em crochê, como os tapetes, as mantas e os bichinhos que decoram o quarto.

Já o lúdico aparece na parede, com uma pintura feita à mão pela artista plástica Sandra Lolli Ghetti, que retrata a fauna e a flora típicas da região pantaneira. A pintura é também uma inspiração para quem deseja fugir da cor única convencional ou até do batido papel de parede.

Para reforçar o clima das fazendas, a parede ganhou cela, berrante e quadros que podem ser do pai do bebê e representam a vida na fazenda.

“O conceito conexão raízes é para que o público se identificasse com a decoração voltada para a cultura do nosso estado. A ideia é justamente proporcionar essa identificação”, reforça a designer.

Confira a galeria de imagens:

  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News

Sobre a visitação - A mostra está de portas abertas até o dia 14 de novembro, das 16h às 22h, de terça a sexta-feira e das 15h às 22h aos sábados, domingos e feriados.

O ingresso é R$ 50,00 (inteira) e R$ 25,00 (meia-entrada) e pode ser comprado pelo site (clique aqui), com opções de horários reservados para evitar aglomerações. O uso de máscara é obrigatório na entrada da mostra.

O endereço da Casacor MS é na Rua Goiás, 937 - Jardim dos Estados.

Curta o Lado B no Facebook. Tem uma pauta bacana para sugerir? Mande pelas redes sociais, e-mail: ladob@news.com.br ou no Direto das Ruas através do WhatsApp do Campo Grande News (67) 99669-9563.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário