ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, TERÇA  20    CAMPO GRANDE 22º

Artes

Tatuagem inspirada em xilogravura é colorido intenso e diferente na pele

Por Thailla Torres | 16/04/2017 07:53
O artista costuma usar paisagens como referência na maioria dos desenhos.
O artista costuma usar paisagens como referência na maioria dos desenhos.

O tatuador polonês Eugene Nedelko,  conhecido como Dusty Past, é um destaque mundo afora por reproduzir no corpo xilogravuras, a arte de criar gravuras em madeira que agora virou tinta na pele. Os desenhos impressionantes parecem que foram pintados com pincel, pela tonalidade forte das cores.

O artista começou a produzir as xilogravuras para fazer camisetas, mas acabou as transformando em tatuagem por conta das linhas fortes e traços totalmente fora do tradicional.

Os desenhos em sua maioria são inspirados em paisagens e obras de arte e, de tão bem definidos, parecem pinturas na pele.

A xilogravura é uma antiga técnica de origem chinesa, em que o artesão utiliza um pedaço de madeira para entalhar um desenho, deixando em relevo a parte que pretende fazer a reprodução. Em seguida, utiliza-se tinta para pintar a parte em relevo.

O colorido fica diferente na pele.
O colorido fica diferente na pele.
Cores fortes.
Cores fortes.
O Grito norueguês Edvard Munch também foi referência.
O Grito norueguês Edvard Munch também foi referência.
Tatuagem inspirada em xilogravura é colorido intenso e diferente na pele
Tatuagem inspirada em xilogravura é colorido intenso e diferente na pele
Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário