ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, QUINTA  22    CAMPO GRANDE 23º

Comportamento

César é 'Velho do Rio' que cuida da natureza e faz sucesso entre crianças

Engenheiro florestal, ele também vive na beira do rio e tem lado místico assim como o personagem de Pantanal

Jéssica Fernandes | 14/09/2022 07:55


Engenheiro aposentado durante pescaria em Palmeiras. (Foto: Arquivo pessoal)
Engenheiro aposentado durante pescaria em Palmeiras. (Foto: Arquivo pessoal)

O chapéu, a barba, o cabelo comprido e o apreço pela natureza são algumas das semelhanças que o engenheiro florestal César Platini, de 66 anos, tem com o 'Velho do Rio’. Morador de Campo Grande, ele recebeu o apelido carinhoso do personagem interpretado por Osmar Prado na novela Pantanal.

Apesar de residir na cidade, César gosta mesmo de passar o tempo na chácara que tem em Palmeiras, distrito de Dois Irmãos do Buriti. Vez ou outra, ele e a esposa Vera Platini, de 62 anos, buscam a tranquilidade proporcionada pelo lugar. É justamente em Palmeiras que a fama como velho do rio ganha força.

O engenheiro aposentado fala sobre o carinho que recebe principalmente das crianças. “Antes da novela eu já era cabeludo, é um estilo. Quando a gente tá na chácara até as netas dos nossos amigos ficam perguntando: ‘Nossa vô, é o velho do rio?’ A nossa chácara lá também tem esse nome”, conta.

Em casa, César ri ao comentar sobre a fama de 'Velho do Rio'. (Foto: Paulo Francis)
Em casa, César ri ao comentar sobre a fama de 'Velho do Rio'. (Foto: Paulo Francis)

Vera comenta que antes do remake passar no horário nobre da emissora e fazer sucesso, o esposo já era comparado ao personagem. “Foi bem antes da novela começar há uns dois anos atrás. É a figura do velho do rio desde a primeira versão”, afirma.

Para completar a situação, César adora passar o tempo pescando ou passeando de barco no Rio Aquidauana, que é um dos cenários da novela. Apesar de se divertir com a história, César é modesto em relação às comparações. "Se as pessoas acham, então vai de cada um. É como as cores que combinam, às vezes, eu acho que o amarelo e verde combinam, mas você gosta mais de azul”, fala.

Formado em matemática, física e engenharia florestal, César dedicou a vida a cuidar da natureza. Natural de Taquaritinga (SP), ele trabalhou por mais de 20 anos na área. "Por muitos anos trabalhei com o meio ambiente, reflorestamento e recuperação de mananciais", explica.

Ele e a esposa gostam de viagem pelo interior do Estado. (Foto: Arquivo pessoal)
Ele e a esposa gostam de viagem pelo interior do Estado. (Foto: Arquivo pessoal)

Pessoa divertida, César relata que nos últimos oito anos começou a cultivar o estilo mais despojado e curtir os frutos do trabalho. Ao lado da mulher, ele diz aproveitar a fase.

“Começamos a ter menos responsabilidades no dia a dia e no trabalho. Apesar da nossa idade somos de espíritos extremamente jovens. A gente vai para tudo quanto é lado, a gente leva tudo de maneira bem light. Agora, nessa altura, a gente tem que viver por aquilo que sempre lutamos”, destaca.

Juntos há cinco anos, Vera e César são conhecidos de longa data que se reencontraram através das redes sociais. O romance começou à distância de forma virtual, mas não demorou para ambos se casarem e viverem juntos em Campo Grande. “Tem dois anos que nos casamos, estamos em lua de mel”, ri Vera. "Curtindo o momento velhos", completa César.

Além de ser conhecido como velho do rio em Mato Grosso do Sul, o aposentado também tem outros apelidos. Em Minas Gerais, o pessoal da cidade de São Thomé das Letras, o chama de 'O Bruxo'. Por gostar de esoterismo, ele sempre visita o lugar que tem fama de ser um destino místico. Seja no rio ou em casa, César segue aceitando com carinho o título de 'Velho do rio'.

Aposentado tem boné personalizado com a frase 'Véio do Rio'. (Foto: Arquivo pessoal)
Aposentado tem boné personalizado com a frase 'Véio do Rio'. (Foto: Arquivo pessoal)

 Acompanhe o Lado B no Instagram @ladobcgoficial, Facebook e Twitter. Tem pauta para sugerir? Mande nas redes sociais ou no Direto das Ruas através do WhatsApp (67) 99669-9563 (chame aqui).

Nos siga no Google Notícias