ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SEXTA  23    CAMPO GRANDE 24º

Comportamento

Com 9 filhos na mala, Irene criou raízes na "terra das oportunidades"

MS abraçou a família paulista que, em retribuição, fincou raízes, criou negócio próprio e aumentou gradativamente sua prole

Por Raul Delvizio | 11/10/2020 07:55
Com sorriso de orelha a orelha, Irene Kemp contou sua história ao Lado B (Foto: Silas Lima)
Com sorriso de orelha a orelha, Irene Kemp contou sua história ao Lado B (Foto: Silas Lima)

Mato Grosso do Sul completou 43 anos ainda cheio de boas histórias para serem contadas. Somos um povo que mistura pessoas e culturas, principalmente aquelas que, mesmo não sendo de sangue, resolveram optar MS no coração. É o caso de Dona Irene.

Sem esperar o ano da divisão do Estado, veio para cá 3 anos antes, quando deu o pontapé que mudaria sua vida e da família inteira. Trocou o Centro-Oeste paulista pelo mato-grossense sem qualquer arrependimento.

"Minha vontade de mudar pra cá só ia aguçando" (Foto: Silas Lima)
"Minha vontade de mudar pra cá só ia aguçando" (Foto: Silas Lima)

"Morávamos em Presidente Prudente, mas não via uma maior perspectiva de vida por lá. Já MT era um estado próspero, um 'Eldorado' brasileiro. Minha vontade de mudar pra cá só ia aguçando", relembra Irene Margarida Lajos Kemp.

Junto ao ex-marido Ledes Kemp, formaram em Campo Grande uma filial da empresa onde trabalhavam em São Paulo. Anos mais tarde, formariam o negócio próprio e familiar de materiais de escritório – a loja Suprimac – que permanece de pé no mesmo endereço na rua 14 de Julho.

A "trupe" de 9 filhos veio na mala e cuia de Dona Irene e seu ex-marido (Foto: Silas Lima)
A "trupe" de 9 filhos veio na mala e cuia de Dona Irene e seu ex-marido (Foto: Silas Lima)

Na bagagem, Irene trouxe os 9 filhos. Hoje, a família já conta com 21 netos e 5 bisnetos – 6, a contar da boa notícia de mais um no forno.

"Nessa altura do campeonato, cada filho foi formando sua própria família. Todos eles tiveram um pouquinho de atuação na Suprimac. Atualmente, a empresa é gerenciada pelas minhas 4 filhas, que tenho o maior orgulho", comenta sobre suas "meninas" de quase 50 anos.

Hoje, família Kemp já soma muita gente. São 9 filhos, 21 netos e 6 bisnetos (Foto: Silas Lima)
Hoje, família Kemp já soma muita gente. São 9 filhos, 21 netos e 6 bisnetos (Foto: Silas Lima)

Na época, é claro que a adaptação para os Kemp foi bastante intensa. Porém, dia após dia foram ficando as raízes sul-mato-grossenses.

"O que salvava de lazer para as crianças era o clube da associação comercial de Campo Grande. Não tinha muita coisa por aqui, mas tudo foi mudando muito rápido. O que não alterou é minha alegria de ter vindo morar pra cá. Tenho todos os motivos para ser feliz".

Como uma forma de "retribuição", segundo Irene, ela fez questão de participar quase 15 anos de sua vida com trabalhos comunitários e lideranças políticas em prol da Cidade Morena e do Estado que um dia a abraçou com carinho e ternura.

"Vir para MT era um sonho, que se realizou com MS. Fui agraciada" (Foto: Silas Lima)
"Vir para MT era um sonho, que se realizou com MS. Fui agraciada" (Foto: Silas Lima)

"Desde 1983 que eu me engajei com movimentos sociais e organizações nos bairros. Quis fazer isso não somente como forma de agradecimento, mas porque faz parte de quem sou. Fui ajudada, e quis ajudar em troca também".

A senhora tranquila de "olhos de bolita" esconde um punhado de aventuras e também de desventuras. "Tudo faz parte da vida". Porém, foi com muito empenho e esforço que Dona Irene entende hoje que não só propiciou conforto aos seus filhos, mas dignificou toda a vida da família Kemp.

"De jeito nenhum me arrependo dessa escolha feita lá atrás. Vir para MT era um sonho, que se realizou com MS. Fui agraciada".

Neta mais velha, Suellen faz companhia morando na casa junto a avó (Foto: Silas Lima)
Neta mais velha, Suellen faz companhia morando na casa junto a avó (Foto: Silas Lima)

Curta o Lado B no Facebook e no Instagram. Tem uma pauta bacana para sugerir? Mande pelas redes sociais, e-mail: ladob@news.com.br ou no Direto das Ruas através do WhatsApp do Campo Grande News (67) 99669-9563.

Nos siga no Google Notícias