ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, QUARTA  28    CAMPO GRANDE 31º

Comportamento

Com talento herdado do avô, Maria usa madeira para criar itens de casa

Aposentada, ela começou a produção artesanal em casa aprendendo através do Youtube

Por Jéssica Fernandes | 10/12/2023 07:20
Maria de Fátima segura pano de prato gourmet que produz. (Foto: Alex Machado)
Maria de Fátima segura pano de prato gourmet que produz. (Foto: Alex Machado)

Bandejas, placas decorativas, porta copos, mesas e petisqueiras são alguns dos produtos que Maria de Fátima, de 61 anos, produz com muita habilidade e criatividade. Há cinco anos, a aposentada se dedica à produção artesanal com o talento herdado do avô Francisco.

A madeira é a principal matéria-prima do trabalho que resgata parte da história da família e carrega a regionalidade do Estado. Os itens utilitários e decorativos produzidos pela artesã custam a partir de R$ 10 e são vendidos na internet e em feiras de artesanato.

Criada em um sítio de Jateí, ela se mudou com a família para Campo Grande ainda na infância e na vida adulta trabalhou na área da educação. Depois de 25 anos de serviço, Maria se aposentou e desde então investe tempo na produção artesanal que começou como hobby.

Produção artesanal traz várias peças de madeira. (Foto: Alex Machado)
Produção artesanal traz várias peças de madeira. (Foto: Alex Machado)

Antes de usar a madeira, o azulejo foi o material que a inseriu no artesanato. Na época, ela conta que ganhou da nora pedaços de azulejo retirados de uma casa e os utilizou. “Eu fiz a primeira bandeja com azulejo português e me apaixonei pelas bandejas. Depois comecei a fazer bandeja com caixote, depois abridor”, fala.

No auge da pandemia, Maria passava o tempo em casa pesquisando vídeos no Youtube que deram uma boa base de aprendizado. Através deles, ela começou a aprender como criar não só bandejas, mas também porta chaves, peso de porta, placas decorativas no estilo ‘cantinho do churrasco’, abridor de garrafa com suporte, descanso de panela, suporte para vela e incensário.

Algumas das peças artesanais de madeira, por exemplo os porta copos, tem imagens talhadas de animais do Pantanal. A onça, a capivara e a arara dão um destaque bem especial a esses itens que custam R$ 10 a unidade.

Porta copos tem imagens de animais do Pantanal e Papai Noel. (Foto: Alex Machado)
Porta copos tem imagens de animais do Pantanal e Papai Noel. (Foto: Alex Machado)
Descanso para panela é feito em madeira no formato de capivara. (Foto: Alex Machado)
Descanso para panela é feito em madeira no formato de capivara. (Foto: Alex Machado)

Provando que tem talento de sobra, Maria mostra que se dá bem na costura criativa e no manuseio com couro A vertente do trabalho é representada pelos porta vinhos, jogos americanos de diversas estampas e os panos de prato gourmet. O último, segundo ela, é ideal para levar no churrasco já que é possível carregar três pratos, talheres e guardanapos.

Depois de mostrar boa parte da produção, Maria revela que a habilidade é herança do avô. “O meu avô fazia, ele fez um presépio inteiro pra minha mãe, eu cresci desse jeito. Ele fazia gamela, jacá. Minha irmã fala que eu fui a única que puxou o vovô das mulheres”, destaca.

Quem quiser conhecer o trabalho, o perfil no Instagram é @artesdafatinhacg

Confira a galeria de imagens:

  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News

Acompanhe o Lado B no Instagram @ladobcgoficial, Facebook e Twitter. Tem pauta para sugerir? Mande nas redes sociais ou no Direto das Ruas através do WhatsApp (67) 99669-9563 (chame aqui).

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para entrar na lista VIP do Campo Grande News.

Nos siga no Google Notícias