A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 15 de Agosto de 2018

30/12/2017 07:11

Famosinho da Anitta e gordofóbica mostraram 2 lados do preconceito

Thailla Torres
Famosinho da Anitta e gordofóbica mostraram 2 lados do preconceito
Daniele disse que a postagem foi uma ironia, só para provocar quem está acima do peso. (Foto: Reprodução Facebook)Daniele disse que a postagem foi uma "ironia", só para provocar quem está acima do peso. (Foto: Reprodução Facebook)

No fim de 2017, quem ainda lembra das polêmicas do ano? Uma das primeiras a ganhar má fama nas redes sociais foi a professora Daniele Santana Gomes, que conseguiu provocar a ira de muita gente ao chamar pessoas obesas de feias e afirmar que se o padrão de beleza fosse esse, a humanidade estaria extinta.

"Professora de Educação Infantil chama gordos de feio e causa ira no Facebook"

A reportagem teve 30,9 mil leituras e centenas de comentários. Na época, Daniele disse ao Lado B que a postagem foi uma "ironia", só para provocar quem está acima do peso. Fechando 2017, ela reforça o que disse. "Eu continuo mantendo minha posição".

Daniele garante, inclusive, que fortaleceu seu ponto de vista, porque diz ter recebido apoio de muitos profissionais da saúde, sem mencionar quem são os "apoiadores". "Vários nutricionistas entraram em contato comigo para me parabenizar, o que me impressionou. Isso, porque várias pessoas da área médica se sentem coibidos de colocar esse tipo de opinião na mídia", afirma.

Em sua publicação, a professora vai contra o discurso de respeito à diversidade e inclusão. Por isso, chocou pessoas que vivem de forma saudável com quilos a mais e gente que luta contra a obesidade severa. As críticas ficaram ainda mais contundentes porque Daniele é professora da Educação Infantil.

A jovem de 23 anos aparecia nas redes sociais também como coach do bem-estar e distribuidora independente na empresa Herbalife, empresa que se posicionou contrária à atitude.

João e a mãe, que dá maior apoio ao talento e gosto do filho pela dança.João e a mãe, que dá maior apoio ao talento e gosto do filho pela dança.

Por outro lado, o preconceito veio para receber lição de amor e compreensão em um universo cada vez mais caótico.

Aos 9 anos, João foi parar na página da Anitta dançando Paradinha

Com 3,4 milhões de visualizações, João Francisco, de 9 anos, ganhou post na página do Fã Clube Oficial da Anitta, dançando o sucesso "Paradinha". Mas a repercussão diante da habilidade do menino, que imita com perfeição as requebradas e reboladas da cantora, também ganhou tom preconceituoso nas redes sociais.

Mas a história teve um rumo que muita gente não esperava. Em contraponto aos comentários agressivos, a mãe dele, Silvia Renata Cunha, deu um recado à altura aos conservadores, mostrando que o problema não estava no filho, que é apenas uma criança que ama dançar.

Meses depois da repercussão, Silvia diz que o filho está super feliz e ficou conhecido como o "famosinho da Anitta". "Ainda bem que foi só uma fase e nada disso atingiu João. Pelo contrário, ele continua fazendo o que gosta que é estudar, dançar, lutar kung fu e brincar com os amigos. É disso que ele precisa", diz a mãe.

Na época, o sonho do menino era chegar perto da Anitta, mas o garoto não conseguiu ir ao show. "Ele estava em pleno Campeonato Brasileiro de Kung Fu e acabou se dedicando exclusivamente ao esporte. Quem sabe ano que vem".

Na página oficial do fã clube, até agora o vídeo rendeu 32 mil curtidas, 24,6 mil compartilhamentos e 14 mil comentários.

Curta o Lado B no Facebook e Instagram.



imagem transparente

Classificados


Copyright © 2018 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.