A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 20 de Fevereiro de 2020

17/10/2019 06:20

Há 1 ano, barbearia que só funciona à noite tem de corte a sobrancelha por R$ 5

Na periferia, espaço de 6 m² abriga os sonhos de Hian que deseja trabalhar ao lado da esposa que é manicure

Danielle Valentim
Hian conversou com o Lado B enquanto atendia clientes. O pequeno espaço tem banco de espera até ao lado de fora. (Foto: Paulo Francis)Hian conversou com o Lado B enquanto atendia clientes. O pequeno espaço tem banco de espera até ao lado de fora. (Foto: Paulo Francis)
Já teve dia de fechar depois da meia noite e outros dias de chegar a cortar 35 cabelos, um atrás do outro”, conta Hian. (Foto: Paulo Francis)"Já teve dia de fechar depois da meia noite e outros dias de chegar a cortar 35 cabelos, um atrás do outro”, conta Hian. (Foto: Paulo Francis)

Cortar cabelos por um preço que coubesse no bolso de quem mora na periferia sempre foi o desejo do barbeiro Hian Lopes dos Santos, de 25 anos. Na contramão do comércio que fecha depois das 18h, o jovem abre nesse horário para ganhar dinheiro e provar que a periferia tem seu valores.

A conversa com o Lado B rolou enquanto ele atendia os clientes. A portinha localizada na Rua Alfredo Gaspar, no Bairro Caiobá, tem banco de espera até ao lado de fora. O projeto saiu do papel há dois anos, quando após o curso de barbeiro começou a cortar de graça no quintal da casa da mãe.

Há um ano, Hian inaugurou seu espaço 6 m², mas que abriga muitos sonhos. Com a esposa manicure, o sonho é aumentar o empreendimento para trabalhar ao lado da mulher.

Há um ano, Hian inaugurou seu espaço que mede 2x3 metros, mas abriga uma imensidão de sonhos(Foto: Paulo Francis)Há um ano, Hian inaugurou seu espaço que mede 2x3 metros, mas abriga uma imensidão de sonhos(Foto: Paulo Francis)
Dos nomes a desenhos, Hian faz dezenas de modelos. (Foto: Paulo Francis)Dos nomes a desenhos, Hian faz dezenas de modelos. (Foto: Paulo Francis)
Designer à navalha não pode faltar. (Foto: Paulo Francis)Designer à navalha não pode faltar. (Foto: Paulo Francis)

“Depois de um tempo atendendo na casa da minha mãe consegui comprar uma cadeira específica e o restante dos materiais, como a máquina e os pentes. Aqui na hora que eu abro eu não paro. Minha ideia é aumentar para trabalhar com a minha esposa, fazer um curso de cabeleireiro completo, incluir a tatuagem, mas manter o preço baixo aqui na região”, conta.

Hian trabalha na área de protocolo da Secretaria Estadual de Educação durante o dia e abre a barbearia à noite. O horário de abertura é estratégico e na vila todos conhecem Hian. “Não tenho medo, por todo mundo me conhece. Além disso, eu consigo atender quem assim como eu, trabalha o dia todo. Já teve dia de fechar depois da meia noite e outros dias de chegar a cortar 35 cabelos, um atrás do outro”, conta.

Na região, os desenhos feitos à navalha são sensação. Os clientes podem escolher algo da preferência, mas os mais pedidos são os quadradinhos e cartas de baralho. Além da arte no cabelo, os risquinhos na sobrancelhas são tendência na cena urbana. “Aqui na periferia, os clientes gostam de uma pegada mais avançada, com desenhos e cores”, pontua Hian.

Os clientes podem escolher algo da preferência, mas os mais pedidos são os quadradinhos e cartas de baralho.(Foto: Paulo Francis)Os clientes podem escolher algo da preferência, mas os mais pedidos são os quadradinhos e cartas de baralho.(Foto: Paulo Francis)
Da alvenaria à decoração, toda a estrutura foi feita pelas mãos de Hian.(Foto: Paulo Francis)Da alvenaria à decoração, toda a estrutura foi feita pelas mãos de Hian.(Foto: Paulo Francis)
Nas paredes discos e adesivos no estilo old school dão um toque especial ao ambiente de trabalho do barbeiro. (Foto: Paulo Francis)Nas paredes discos e adesivos no estilo old school dão um toque especial ao ambiente de trabalho do barbeiro. (Foto: Paulo Francis)

O barbeiro também faz tranças box braids aos fins de semana. Com o material do cliente, a mão de obra sai a partir de R$ 70.

Da alvenaria à decoração, toda a estrutura foi feita pelas mãos de Hian. Nas paredes discos e adesivos no estilo old school dão um toque especial ao ambiente de trabalho do barbeiro.

O movimento não para, enquanto um está na cadeira tem mais gente chegando. A Estilo Black abre todos os dias das 18h às 22h, exceto às quartas-feiras que é dia de jogo do Brasileirão e também o a folga do barbeiro. Aos sábados e domingos, o espaço abre às 10h e fecha às 17h.

O próximo projeto de Hian é atender moradores de rua e dependentes químicos nos arredores da rodoviária antiga.

A barbearia fica na Rua Alfredo Gaspar, 299, no Residencial Celina Jallad, região do Portão Caiobá. Acompanhe os trabalhos nas redes sociais. 

Curta o Lado B no Facebook e Instagram.

Fila para ser atendido é comum na Estilo Black. (Foto: Paulo Francis)Fila para ser atendido é comum na Estilo Black. (Foto: Paulo Francis)
Campo Grande News - Lista Vip WhatsApp
imagem transparente

Classificados


Copyright © 2020 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.