A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 16 de Agosto de 2018

14/12/2017 10:02

Há 6 anos, Fernanda é monocromática e tem até um carro todinho cor de rosa

E ela nem é consultora daquela marca de cosméticos que dá carro rosa para as melhores vendedoras

Thailla Torres
É a cor que me deixa feliz. Não tem muita explicação, diz Fernanda dentro do carro todo rosa. (Foto: Thailla Torres)"É a cor que me deixa feliz. Não tem muita explicação", diz Fernanda dentro do carro todo rosa. (Foto: Thailla Torres)

Há seis anos tudo em volta da operadora de caixa Fernanda Barbosa Ribeiro é rosa. Ela nem é consultora daquela marca de cosméticos que dá carro especial para as melhores vendedoras, mas no caso dela, além do veículo, a moto, o sapato, as roupas, as maquiagem, todos os acessórios e decoração de casa, nada escapa do tom que escolheu como marca.

Na rotina, não há outra cor que deixe a mulher mais feliz do que a tonalidade que domina a vida. "É a cor que me traz felicidade. Não tem muita explicação. As pessoas até me questionam, mas só consigo dizer que gosto e pronto", afirma.

De salto alto e bem maquiada, Fernanda abre a porta de casa, na Vila Aimoré, sem abrir mão da tonalidade no figurino. "Não parece, mas acabei de dar uma lavada no carro pra tirar a poeira e me arrumei rapidinho. Tá vendo? Até o sapato é rosa", mostra

A paixão pela cor é de infância. (Foto: Thailla Torres)A paixão pela cor é de infância. (Foto: Thailla Torres)

Fernanda explica que sempre foi apaixonada pela, mas na infância era difícil ter tudo que queria. "Nossa família era bem humilde e a condição financeira era mais difícil. Então tinha pouca coisa rosa, só quando fui crescendo que passei a comprar minhas roupas, meu acessórios".

Casada há 10 anos com Claudinei Sousa Melo, de 38, ela nunca escondeu o sonho de ter um carro da mesma cor. "Eu falava que o dia que conseguisse comprar, mudaria ele de cor e deu certo". 

Com auxílio do esposo, Fernanda começou a jornada em busca de um carro e os documentos para pintá-lo de rosa. Gastou tudo o que tinha e economizou durante anos para fazer a reforma dos sonhos. "Ele tinha que ficar igual o carro da Barbie", brinca. "Por isso fui até o DETRAN (Departamento Estadual de Trânsito) atrás da autorização, fiz a pintura e depois voltei para mudar o documento e o investimento foi alto", conta.

Fernanda pintou a lataria, trocou os bancos, o teto e o painel. Confeccionou o acento com nome dela e do marido, deixando claro quem manda no automóvel. "Sou eu que dirijo e ele é o parceiro que não tem vergonha, até gosta da cor", conta.

Depois do carro, ela mandou colocar rosa na moto, depois nas paredes e ainda aumentou a tonalidade no guarda roupa. "Hoje praticamente todas as minhas roupas são rosas ou tem alguma estampa com esse tom". 

Dentro de casa, além das paredes, objetos de decoração compõe o mundo rosa, exceto o sofá, uma das escolhas do marido. "Não dá para mudar tudo porque ele também gosta de outras cores, mas se eu pudesse, a casa inteira seria assim. Já vi geladeira, fogão e micro-ondas da mesma cor".

Além de ser mais feliz, Fernanda acredita que leva alegria a outras pessoas. " Todo mundo pergunta como fiz esse carro, alguns já tentaram comprar, mas eu não vendo. E onde chego as pessoas querem olhar, perguntam e até elogiam. Então sou feliz assim", garante.

Curta o Lado B no Facebook e Instagram.

Até a moto é rosa. (Foto: Thailla Torres)Até a moto é rosa. (Foto: Thailla Torres)
Além da cor, Fernanda mostra quem é dona do carro. (Foto: Thailla Torres)Além da cor, Fernanda mostra quem é dona do carro. (Foto: Thailla Torres)
Ford Ka de 2001 foi todo reformado. (Foto: Thailla Torres)Ford Ka de 2001 foi todo reformado. (Foto: Thailla Torres)


imagem transparente

Classificados


Copyright © 2018 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.