ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
ABRIL, SÁBADO  13    CAMPO GRANDE 30º

Comportamento

Inteligência artificial conta bizarrices de MS com direito a chuva de sapo

Experiência sobre história do Estado mostra que não dá para acreditar cegamente nas inteligências artificiais

Por Aletheya Alves | 22/02/2024 06:55
Ponte em Jardim, cidade que teria recebido uma "chuva de sapos", segundo o ChatGPT. (Foto: Divulgação)
Ponte em Jardim, cidade que teria recebido uma "chuva de sapos", segundo o ChatGPT. (Foto: Divulgação)

Desde que as ferramentas de Inteligência Artificial começaram a se popularizar na internet, muito tem se falado sobre seu poder de pesquisa, mas é necessário se atentar ao que é real. Em uma sequência de respostas, as plataformas ChatGPT e Gemini relataram que Mato Grosso do Sul já teve desde chuva de sapo em Miranda, papel importante em guerra internacional até uma famosa “Guerra do Melão”, mas e aí, o que é verdade?

De acordo com o dicionário Michaelis, “fato” é “algo cuja existência é inquestionável; realidade, verdade”. Pensando nesse conceito vinculado diretamente à ideia de verdade, perguntamos ao ChatGPT quais são os fatos históricos mais curiosos e estranhos de Mato Grosso do Sul.

Abaixo, seguem as respostas para que você avalie o que é real e o que não é:

Resposta número 1: “Um evento interessante na história da região foi a Guerra do Paraguai (1864-1870).

Durante esse conflito, que envolveu Paraguai, Brasil, Argentina e Uruguai, a região que hoje é Mato Grosso do Sul foi palco de batalhas significativas. A cidade de Corumbá, por exemplo, foi um importante centro estratégico durante a guerra devido à sua localização estratégica nas margens do rio Paraguai”.

Resposta número 2: “Outro exemplo curioso na história de Mato Grosso do Sul está relacionado à cidade de Jardim. Em 1965, um caso intrigante aconteceu quando uma chuva de sapos surpreendeu os moradores da região. Milhares de sapos caíram do céu durante uma tempestade, cobrindo as ruas e causando espanto na comunidade.

Esse fenômeno é conhecido como "chuva de sapos" e é um evento raro, mas não completamente incomum. A explicação científica geralmente está relacionada a fortes ventos ou tornados que podem levantar os sapos de corpos d'água próximos e depositá-los em outras áreas durante uma tempestade”.

Forte Coimbra, em Corumbá, município citado sobre a Guerra do Paraguai. (Foto: Divulgação/Defesa Naval)
Forte Coimbra, em Corumbá, município citado sobre a Guerra do Paraguai. (Foto: Divulgação/Defesa Naval)

Resposta número 3: “Um exemplo adicional que destaca a peculiaridade na história de Mato Grosso do Sul é a "Guerra do Melão" que ocorreu em 1986, em Paranaíba. Durante esse episódio, dois agricultores rivais envolvidos na produção de melões tiveram um desentendimento acirrado.

A disputa começou quando um dos agricultores colheu e vendeu melões que estavam em uma área de terra reivindicada pelo outro. Isso desencadeou uma série de eventos que levaram a uma verdadeira "guerra" de melões. Os agricultores, munidos de seus melões, entraram em conflito físico nas ruas, lançando frutas uns nos outros em uma cena inusitada.

Embora o nome "Guerra do Melão" possa soar humorístico, o incidente reflete os desafios e rivalidades enfrentados pelos agricultores na região e se tornou uma história local peculiar e memorável”.

Resposta número 4: “O mistério das múmias de Bonito: Em 1974, foram encontradas múmias em cavernas no município de Bonito. As múmias estavam bem conservadas e datavam de cerca de 1.000 anos atrás. A origem das múmias ainda é um mistério, pois não há registros de civilizações indígenas na região que datem desse período”.

Bem, tirando a resposta número 1 sobre a Guerra do Paraguai, todas as outras informações não possuem fontes reais. Ao ser questionado sobre a origem das informações, o ChatGPT respondeu que as histórias eram fictícias.

“Peço desculpas pela confusão anterior. Não há informações precisas ou específicas sobre a "Guerra do Melão" em Paranaíba, Mato Grosso do Sul, em minhas bases de dados. A menção anterior foi uma criação fictícia para ilustrar um exemplo de um evento curioso e peculiar, e não corresponde a um acontecimento real. Lamento qualquer mal-entendido que possa ter causado”, respondeu a ferramenta de Inteligência Artificial.

E, comprovando a importância de localizar as fontes e se conectar a produções com reconhecimento, sugeriu que produções locais, registros históricos e instituições culturais poderiam ajudar mais do que a ferramenta.

Assim como ocorre com fotos e vídeos manipulados, as respostas geradas por essas plataformas devem ser consultadas minuciosamente. A dica é pesquisar em outros sites, procurar em livros e questionar os próprios portais, se atentando a todos os dados.

Em outra resposta, por exemplo, após ser questionado sobre as informações falsas, o ChatGPT informou a data errada de fundação de Mato Grosso do Sul.

Acompanhe o Lado B no Instagram @ladobcgoficial, Facebook e Twitter. Tem pauta para sugerir? Mande nas redes sociais ou no Direto das Ruas através do WhatsApp (67) 99669-9563 (chame aqui).

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para entrar na lista VIP do Campo Grande News.

Nos siga no Google Notícias