ACOMPANHE-NOS    
JULHO, QUINTA  29    CAMPO GRANDE 11º

Comportamento

“Melhor ‘marvada’ que já tomei na vida”, diz Delinha sobre a 2ª dose

Dama do Rasqueado está imunizada; “mesmo assim, não vou sair nem abusar por aí”, jura

Por Raul Delvizio | 10/03/2021 08:51
Delinha ao lado da enfermeira Andressa de Lucca Bento, 33 anos, que aplicou a 2ª dose (Foto: Arquivo Pessoal)
Delinha ao lado da enfermeira Andressa de Lucca Bento, 33 anos, que aplicou a 2ª dose (Foto: Arquivo Pessoal)

“Agora sim imunizada, meu guri!”. Palavras de Delinha sobre ter finalmente tomado a segunda dose da coronavac, a vacina chinesa contra o novo coronavírus, na manhã desta quarta-feira (10). “Aos 84 anos, me sinto parte do progresso”, brinca.

Sem dúvida, esta foi a melhor ‘marvada’ que já tomei na vida".

Há um mês, a cantora já havia adquirido a primeira dose do imunizante no Parque Ayrton Senna, onde acontece o esquema de drive-thru montado pela prefeitura. No dia de hoje, ao lado do filho João Paulo do mesmo jeito que da última vez, veio a segunda etapa.

No ano passado, Delinha recebeu o Lado Bem uma conversa bastante animada (Foto: Paulo Francis)
No ano passado, Delinha recebeu o Lado Bem uma conversa bastante animada (Foto: Paulo Francis)

“Deus deu uma ajudinha, né? É uma beleza ter tomado logo essa vacinação. Antes, estava pura ansiedade pela outra ‘metade’. Agora, já sinto que vou ficar um pouco mais tranquila em relação ao vírus”, assegura.

Isto quer dizer que Delinha vai poder, depois de muitos meses, dar um cafuné no neto de 11 anos. “Era o maior problema, porque ele sempre estava doido pra ficar junto comigo e não podia”, esclarece.

E o filho dessa senhorinha carismática confirma: “tínhamos medo. Deus me livre alguém passar algo à minha ‘véia’. Semana passada mesmo eu estava com o nariz trancado, me sentindo mal. Fiz o teste de covid e saiu negativo. Deus sempre protegeu a gente. Mesmo mais aliviados, a atenção continua de pé”, assegura o radialista e músico João Paulo.

Para a Dama do Rasqueado, momento ainda sim é de cautela (Foto: Paulo Francis)
Para a Dama do Rasqueado, momento ainda sim é de cautela (Foto: Paulo Francis)

Agora que está completamente vacinada, a Dama do Rasqueado fez questão de ressaltar: “isso não significa que a pandemia acabou. Vou continuar do mesmo jeitinho, usando máscara e ficando em casa. Todo mundo deveria fazer o mesmo. A coisa tá feia por aí. O que tem gente morrendo… parece que só piora”.

Antes desanimada, Delinha anda um pouco mais alegre. “Agradeço o apoio do povo que vem escutando o meu programa na rádio aos domingos. São vocês que, desde o tempo do meu saudoso Délio (dupla que fazia com o marido), vem me dando força”, finaliza.

Por enquanto sem shows presenciais ou lives, a Dama do Rasqueado tem sobrevivido graças a venda de pen drives.

Curta o Lado B no Facebook e no Instagram. Tem uma pauta bacana para sugerir? Mande pelas redes sociais, e-mail: ladob@news.com.br ou no Direto das Ruas através do WhatsApp do Campo Grande News (67) 99669-9563.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário