ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, SÁBADO  24    CAMPO GRANDE 24º

Comportamento

Para ver o neto feliz, Jani fez família inteira pintar o cabelo de verde

Menino de 6 anos ouviu que ficaria careca devido ao cabelo colorido, mas parentes reverteram a situação

Por Jéssica Fernandes | 08/12/2023 07:34
Nesta semana, Estevão ganhou homenagem da família na formatura. (Foto: Arquivo pessoal)
Nesta semana, Estevão ganhou homenagem da família na formatura. (Foto: Arquivo pessoal)

A cor verde fez toda família de Estevão Buba da Silva, de 5 anos, ficar unida no dia da formatura dele na Educação Infantil. Nesta semana, pais, tios e até avó coloriram o cabelo como forma de incentivar o menino que decidiu celebrar a conclusão do ano letivo esbanjando estilo e os tons do time de coração, o Palmeiras.

A formatura do menino aconteceu em Campo Grande nesta terça-feira (05), mas para explicar o motivo de todos terem colorido o cabelo é preciso voltar um pouco a história. Em novembro, Estevão participou do casamento da tia, onde foi escolhido como ‘segurança das alianças’ e para ocasião pintou o cabelo pela primeira vez.

A mãe Janaina Dittmar Buba da Silva, de 40 anos, conta que o menino descoloriu todo o cabelo para estar na cerimônia. “A Suzana convidou ele e desde o primeiro momento ele falou que queria pintar o cabelo de verdade”, recorda. A mudança de visual deu certo e, segundo a terapeuta ocupacional, ele estava animado para mostrar a novidade aos colegas. “Ele é uma criança muito autêntica, decidida, ele estava super empolgado para chegar na escola e ver o que os amigos iriam achar”, diz.

Os pais do menino, Janaina e Alexander também coloriram o cabelo de verde. (Foto: Arquivo pessoal)
Os pais do menino, Janaina e Alexander também coloriram o cabelo de verde. (Foto: Arquivo pessoal)

Ao buscar o menino na escola, ela comenta que notou que a empolgação demonstrada horas antes deu lugar ao silêncio. “No final do dia vi que ele estava cabisbaixo. Falei: ‘Filho, o que aconteceu?’ Ele falou pra mim que teve uma pessoa adulta que falou que o cabelo dele iria cair e que ele ficaria careca”, explica.

No dia seguinte, Janaina conversou com a funcionária da escola para entender a situação e tudo foi resolvido. Com a chegada da formatura, Estevão voltou a falar para os pais que queria pintar o cabelo. Para que o menino não desanimasse da ideia, a primeira a sugerir que toda a família também pintasse foi a avó materna.

Jani Dittmar Buda relata que sabia sobre a situação ocorrida na escola e que por esse motivo quis surpreender o neto. “Minha filha comentou comigo que alguém disse que o cabelo dele iria cair e ele estava triste. Chegando o dia da formatura falei pro meu esposo que iria fazer uma homenagem para o Estevão e pintar o cabelo. Eu pintei o cabelo e na hora que ele me viu ele ficou tão feliz, me abraçou. A alegria dele não tem preço”, destaca.

Avó do menino, Jani foi quem teve a ideia para família incentivar o garoto. (Foto: Arquivo pessoal)
Avó do menino, Jani foi quem teve a ideia para família incentivar o garoto. (Foto: Arquivo pessoal)

Além de pintarem o cabelo de verde, os parentes do pequeno também prepararam outra surpresa no dia da formatura. Janaina, que se define como uma mãe coruja, dá detalhes de como todos comemoraram com ele. “Na formatura ele estava muito feliz, radiante, ele estava com uma carinha de felicidade. A gente fez um cartaz pra ele, cornetas, fomos os únicos que fizemos isso. Eu vibro mesmo, tem que vibrar por cada vitória”, frisa.

O pai, Alexander Serviam da Silva, é outro que sempre incentiva Estevão. Ele brinca que a celebração nesta semana foi em dose dupla. “Minha mãe é corintiana, minha sogra é corintiana, mas todo mundo pintou o cabelo. Esse cabelo de verde já foi pra comemorar o título do Palmeiras”, pontua.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News. 

Acompanhe o Lado B no Instagram @ladobcgoficial, Facebook e Twitter. Tem pauta para sugerir? Mande nas redes sociais ou no Direto das Ruas através do WhatsApp (67) 99669-9563 (chame aqui).

Nos siga no Google Notícias