ACOMPANHE-NOS    
DEZEMBRO, DOMINGO  05    CAMPO GRANDE 28º

Comportamento

Sexo casual que nada... match no Tinder casou Laís e Erick

Os dois se conheceram através de aplicativo e, em menos de um ano, oficializaram união

Por Jéssica Fernandes | 20/10/2021 09:00
Casal de Campo Grande celebrou união religiosa em julho. (Foto: Arquivo Pessoal)
Casal de Campo Grande celebrou união religiosa em julho. (Foto: Arquivo Pessoal)

A história de Laís Lopes, 32 anos, e Erick Jonathan Fernandes, 31 anos, é um prato cheio de esperança para os solteiros de plantão que utilizam aplicativos de relacionamento. O casal de Campo Grande deu o famoso “match” no Tinder e, em menos de um ano, disseram "sim'' no altar. O casamento civil ocorreu em julho, mas foi só no dia 10 deste mês que os dois fizeram a cerimônia religiosa.

Quem conhece o casal, não imagina que por pouco, a história deles não termina com um final diferente. Ao Lado B, a empresária contou que quase deu um “x” no perfil do Erick quando ele apareceu na tela do celular. O motivo? O homem não passou de primeira nos dois principais critérios estabelecidos por ela!

Como a Laís começou a usar a ferramenta de aplicativo há 8 anos, ela acabou estabelecendo algumas normas para dar uma chance ou não ao cara. “Eu tinha um método de avaliação, então, não dava like nos caras que não sorriam ou mostravam os olhos na foto. O Erick é lindo, mas em nenhuma das imagens ele estava sorrindo. Eu dei o like na dúvida e na hora deu match”, conta.

Celebração contou com a presença de amigos e família. (Foto: Arquivo Pessoal)
Celebração contou com a presença de amigos e família. (Foto: Arquivo Pessoal)

A conversa do aplicativo passou para o WhatsApp, depois para o Instagram, até que finalmente ambos combinaram o primeiro encontro. Sem querer, logo na primeira vez que se viram, Laís conheceu metade da família dele durante um churrasco.

Na ocasião, a mulher finalmente pôde conferir de perto o sorriso do homem que tanto admira. “Era uma sexta-feira e ele me chamou para a casa do pai. Lembro até hoje dele abrindo o portão e quando ele sorriu, nossa, trincou a minha caixa toráxica. A primeira coisa que perguntei foi sobre o motivo dele esconder o sorriso”, diz.

Os encontros continuaram e depois de dois meses, veio a oficialização do relacionamento, especificamente em 23 de dezembro. “Eu nunca fui tão bem tratada, cuidada e recebi tanto carinho como agora. Ele oficializou o pedido de namoro com aliança dourada e tudo. Logo no começo, ele falava que ia se casar comigo, e eu ria na cara dele”, fala.

Laís e Erick começaram a namorar após dois meses e não se desgrudaram desde então. (Foto: Arquivo pessoal)
Laís e Erick começaram a namorar após dois meses e não se desgrudaram desde então. (Foto: Arquivo pessoal)

Laís viu o sonho do casamento civil virar realidade no dia 23 de julho. A celebração religiosa aconteceu há uma semana e a pastora se inspirou na história envolvendo o Tinder para conduzir a união. Na data, quem ainda estava receoso em aderir o aplicativo, acabou cedendo. “Depois de uns dias, uma amiga minha, que criticava muito o aplicativo, veio falar que baixou”, ri.

Mesmo levando no bom humor, Laís revela que várias pessoas, inclusive, a própria mãe, questionavam o fato dela usar a ferramenta. Ela conta que, antes de conhecer o marido, já ouvia que o aplicativo era uma saída para os solteiros desesperados. “O pessoal perguntava o motivo de eu usar, já que eu sou uma mulher bonita e inteligente”, expõe.

A empresária ainda tenta romper com o preconceito e garante que não existe problema em criar um perfil em redes sociais direcionadas para conhecer alguém especial. “Não é um problema estar lá, não é o fim de um recurso, é uma ferramenta. Alguns usam o Facebook, o Insta, então, por que com os aplicativos de relacionamento acontece isso?!”, questiona.

Pastora se inspirou na história inusitada do casal para conduzir união. (Foto: Arquivo Pessoal)
Pastora se inspirou na história inusitada do casal para conduzir união. (Foto: Arquivo Pessoal)

Apesar do questionamento, Laís enfatiza que, se não fosse o programa, jamais teria conhecido o Erick. “Era pra ser, só estava faltando o match. As nossas vidas, ciclos e coisas que fazíamos eram completamente diferentes, então, dificilmente teríamos nos encontrado”, conclui.

O Erick compartilha o mesmo sentimento da esposa e confessa que nunca imaginou que um dia conheceria alguém através do aplicativo. “Foi algo surreal, jamais achei que aconteceria comigo e iria me casar. É um sinal que não devemos duvidar de nada que venha para o bem”, afirma.

A felicidade dos dois é tão grande que, juntos, eles escreveram um e-mail endereçado à empresa para compartilhar a história de amor e, principalmente, agradecer.

Os dois chegaram a enviar um e-mail para agradecer a empresa. (Foto: Arquivo Pessoal)
Os dois chegaram a enviar um e-mail para agradecer a empresa. (Foto: Arquivo Pessoal)

Curta o Lado B no  Facebook. Tem uma pauta bacana para sugerir? Mande pelas redes sociais, e-mail: ladob@news.com.br ou no Direto das Ruas através do WhatsApp do Campo Grande News (67) 99669-9563.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário