ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SÁBADO  24    CAMPO GRANDE 31º

Comportamento

Mãenual em Campo Grande ensina como criar os filhos sem perder o bom humor

Por Ângela Kempfer | 07/09/2011 17:04
Letícia em um dia de bagunça na casa da avó.
Letícia em um dia de bagunça na casa da avó.

Nos últimos 3 meses Cinthia Moralles conseguiu 21 mil acessos ao blog criado por ela como um passatempo de licença maternidade.

Formada em Direito, ex-dona de loja de bijuterias, a mãe de Letícia (2 anos) e Arthur (8 meses) agora se diverte e ganha dinheiro escrevendo sobre temas como amamentação, moda infantil e dicas para momentos como o 1º corte de cabelo do filho.

Cinthia já teve blogs sobre outros assuntos, mas só emplacou com a maternidade. “Adoro porque fiz para me divertir e agora ganho dinheiro com isso”, conta a blogueira que já tem entre os apoiadores lojas de roupas infantis e de produtos para bebês.

O marido, Rogério Moralles, é empresário, mas também entrou na dança e recentemente postou texto sobre apuros de uma noite a sós com as crianças, com direito a leite derramado no sofá, fraldas sujas e dificuldades para encontrar e vestir as roupas dos filhos.

“Quando ela (Cinthia) chegou eu estava todo sujo, a casa imunda, fedida e molhada, minha filha com vestido de festa, meu filho com roupa do avesso, ela não entendeu nada ! Ainda bem que existe mãe !!!!", escreveu.

O novo oficio começou no dia 5 de maio, com o nascimento do blog “por parto normal”, lembra a mãe “leoa”, como se define.

Em julho ela comemorou 10 mil visitações e começou a ser procurada por interessados em anunciar. “Até loja de pneu me procurou, mas não aceitei porque não tem nenhuma relação com o que escrevo”, explica.

Na lista de matérias postadas há as “Das coisas que não me pertecem mais...”, sobre o que mudou na vida depois do parto.

“Sair de casa sempre produzida, de brincão e perfumada ( a produção nem sempre sobra tempo, o brinco se for grande o Arthur pendura e perfume é muito forte o cheiro pra ele)”.

O sucesso do blog, na opinião da idealizadora, é a forma de “conversar” com quem lê. “Falo sobre minhas experiências, de forma simples, para ajudar”.

Cinthia já contou, por exemplo, como fez para tirar as fraldas da rotina de Letícia e como foi levar Arthur cortar o cabelo pela primeira vez.

A página é atualizada diariamente, entre uma tarefa e outra de mãe

Cinthia com mechinha de cabelo nas mãos.
Cinthia com mechinha de cabelo nas mãos.
Nos siga no Google Notícias