A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 24 de Maio de 2019

12/04/2019 06:51

“De porteira fechada”, família faz bazar e vende de piano a móveis de 1940

A casa (R$ 1,5 milhão) e uma caminhonete Mitsubishi com 22 mil km rodados (R$ 69 mil) também estão à venda

Danielle Valentim
Na foto, o sofá Chesterfield em couro, samovars e o Piano. (Foto: Henrique Kawaminami)Na foto, o sofá Chesterfield em couro, samovars e o Piano. (Foto: Henrique Kawaminami)

Família do Carandá Bosque deixa Campo Grande na próxima semana e a casa toda “de porteira fechada” é oferecida a R$ 1,8 milhão. Mas tem como aproveitar só um pedacinho desse "bazar" e levar para casa uma poltrona estilo Luís XV, telas de ipês ou samovars em prata. Os proprietários abrem as portas para vender tudo pela metade do preço.

Para quem passa em frente ao imóvel, na Avenida Antônio Teodorowick, a faixa já chama a atenção: “Família Muda e Vende Tudo”. A empresária Leneide Maria explica que a mudança é radical mesmo, mas por enquanto estão divididos entre São Paulo e Chicago.

Meu desejo é de que cada coisinha comprada embeleze a casa e faça a pessoa feliz, diz Leneide."Meu desejo é de que cada coisinha comprada embeleze a casa e faça a pessoa feliz", diz Leneide.

No entanto, vendendo ou não se despedem da Capital na Sexta-feira da Paixão. Ela conta que a primeira viagem ao exterior ocorreu em 2010. A família se apaixonou pelos Estados Unidos e voltou outras vezes em férias, até a caçula decidir fazer o High School.

“Ela fez um ano de High School em uma cidade a 200 km de Chicago e neste período eu voltei lá três vezes. Há dois anos ela voltou, terminou o ensino médio aqui, e em janeiro nós fomos levá-la para cursar a faculdade, já que ela foi aprovada em três universidades”, explica a empresária.

Atualmente trabalhando com logística, Leneide explica que trabalhou longos anos com móveis e muitos foram garimpados e comprados fora do Estado. “Achei que viveríamos aqui definitivamente e eu fui muito feliz. Meu desejo é de que cada coisinha comprada embeleze a casa e faça a pessoa feliz. Tudo que está aqui tem uma história. Eu amo a minha casa, mas aprendi a desapegar”, disse.

Sofá Luís VX, de jacarandá, por R$ 4,5 mil. (Foto: Henrique Kawaminami)Sofá Luís VX, de jacarandá, por R$ 4,5 mil. (Foto: Henrique Kawaminami)
Cheterfield em couro, trazido do Rio Grande do Sul. (Foto: Henrique Kawaminami)Cheterfield em couro, trazido do Rio Grande do Sul. (Foto: Henrique Kawaminami)

A maioria nos móveis possui etiqueta de originalidade e foram trazidos de São Paulo, Bahia, Rio de Janeiro, Brasília e Rio Grande do Sul.

Na lista, um sofá estilo Luís VX, de jacarandá, por R$ 4,5 mil. O móvel veio de Campos dos Goyatazes, no Rio de Janeiro. Além dele, um sofá Chesterfield, em couro. O móvel, feito sob encomenda, foi comprado no Rio Grande do Sul.

Para enlouquecer de vez, um piano alemão Essenfelder - revisado há dois anos - por R$ 7 mil. Entre itens, um aparador, que também serve como barzinho e cômoda, todo em jacarandá e marchetaria (trabalho na madeira que constrói geometrias e padrões simétricos). O móvel foi trazido da Bahia e sai por R$ 1,8 mil.

Para enlouquecer de vez, um piano alemão Essenfelder - revisado há dois - por apenas R$ 7 mil. (Foto: Henrique Kawaminami)Para enlouquecer de vez, um piano alemão Essenfelder - revisado há dois - por apenas R$ 7 mil. (Foto: Henrique Kawaminami)
Bandeja com seis canecas de cerveja e jogo de com seis taças para vinho. (Foto: Henrique Kawaminami)Bandeja com seis canecas de cerveja e jogo de com seis taças para vinho. (Foto: Henrique Kawaminami)

Para os apaixonados por prata, peças exclusivas recheiam a lista. Bandeja com seis canecas de cerveja por R$ 1 mil. Também na prata, jogo de com seis taças para vinho, por R$ 600 e dois samovars - utensílio culinário de origem russa para aquecer água e servir chá - com ou sem aquecedor por R$ 600 e R$ 350, respectivamente.

Para um toque refinado, um jogo de jantar de 8 lugares com cadeiras medalhão almofadadas a R$ 7,5 mil. Adega em madeira de reflorestamento, por R$ 1,5 mil.

Cadeira com descanso no couro craquelado e escrivaninha comprados no Rio Grande do Sul dão um toque todo especial. Penteadeira Luís XV original, escrivaninhas Xerif, JK e porta duas folhas - todas de 1940 - fazem parte da coleção, além de um quadro da Santa Ceia, por R$ 500.

Jogo de jantar com cadeira medalhão almofadada, com oito lugares, a R$ 7,5 mil. (Foto: Henrique Kawaminami)Jogo de jantar com cadeira medalhão almofadada, com oito lugares, a R$ 7,5 mil. (Foto: Henrique Kawaminami)
Cadeira com descanso no couro craquelado. (Foto: Henrique Kawaminami)Cadeira com descanso no couro craquelado. (Foto: Henrique Kawaminami)

Ipês gigantes em telas também estão a venda por R$ 2 mil, cada um. Inúmeros livros, entre eles, saga Percy Jackson estão disponíveis. Jogo de três peças mesa e duas cadeiras, por R$ 1,4 mil. Ou separado, cada cadeira sai a R$ 250, a mesa por R$ 900.

A casa também conta com sala de cinema. O cômodo tem sofás, poltronas e retroprojetor. Tudo a venda.

Interessados podem entrar em contato com Leneide até a próxima quinta-feira (18) em horário comercial pelo (67) 9 9903-5150, que também é WhatsApp.

Curta o Lado B, no Facebook e Instagram.

Tela assinada por artista de MS. (Foto: Henrique Kawaminami)Tela assinada por artista de MS. (Foto: Henrique Kawaminami)
Escrivaninha Xerif. (Foto: Henrique Kawaminami)Escrivaninha Xerif. (Foto: Henrique Kawaminami)
Interessados podem entrar em contato com Leneide. (Foto: Henrique Kawaminami)Interessados podem entrar em contato com Leneide. (Foto: Henrique Kawaminami)

Confira galeria de fotos:




imagem transparente

Classificados


Copyright © 2019 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.