ACOMPANHE-NOS    
MAIO, SÁBADO  15    CAMPO GRANDE 20º

Consumo

Azulejos ganham cores e viram decoração despojada pela casa

Lauren Cury aplicou a técnica sublimação também em chinelinhos e se reinventou na pandemia

Por Thailla Torres | 02/05/2021 08:43
Com arte de Rafael Mareco, Lauren Cury colore azulejos que dão nova cara a qualquer ambiente. (Foto: Bruna Barbosa)
Com arte de Rafael Mareco, Lauren Cury colore azulejos que dão nova cara a qualquer ambiente. (Foto: Bruna Barbosa)

A pandemia também refletiu na vida profissional de Lauren Cury, 35 anos, artista visual e produtora de moda reconhecida pelo brechó Gaveta, que por muito tempo rodou pela cidade dentro de uma Kombi. Afim de encarar novos caminhos, agora ela aposta na sublimação, uma técnica bem conhecida no universo dos personalizados. Com isso ela leva cores para azulejos que podem transformar qualquer ambiente da casa.

“Meu projeto final de conclusão de curso da faculdade de Artes Visuais foi em estamparia digital. Naquela época, há 11 anos, eu já conhecia a técnica. Mas acabei focando todos esses anos no brechó e nunca houve essa oportunidade. Foi na pandemia que eu ressignifiquei algumas questões e voltei a pesquisar mais sobre o assunto”, conta Lauren.

Lauren vendeu Kombi para investir em maquinário. (Foto: Bruna Barbosa)
Lauren vendeu Kombi para investir em maquinário. (Foto: Bruna Barbosa)

Foi assim que nos últimos meses ela resolveu vender a kombi e investir no maquinário. “Há anos venho pesquisando sobre isso e tinha visto sobre os azulejos e fiquei encantada. Nunca esqueci. Então já iniciei por eles. E estou apaixonada”.

Como levanta a bandeira do consumo consciente, seu foco não é a estamparia de roupas. “Porque na sublimação tudo é a base de poliéster, então estou focando mais em materiais de decoração porque sei que a duração acaba sendo maior, longe do descarte”.

Mas ela resolveu apostar também na estampa de chinelos. “Foi uma ideia que estava guardada na gaveta. Como mãe sei da dificuldade dos pequenos em calçarem os calçados sozinhos. Então criei essas estampas com os bichinhos do Pantanal onde a carinha do bichinho precisa ser montada antes de calçar, ajudando de maneira lúdica a criança. Mas já rendeu pedidos para os adultos”.

A primeira coleção chama “Voo Livre”. É uma seleção de borboletas e flores.
A primeira coleção chama “Voo Livre”. É uma seleção de borboletas e flores.
“Simples, mas reflete o momento que estou vivendo", diz Lauren.
“Simples, mas reflete o momento que estou vivendo", diz Lauren.
Chinelinhos com animais do Pantanal também receberam técnica. (Foto: Bruna Barbosa)
Chinelinhos com animais do Pantanal também receberam técnica. (Foto: Bruna Barbosa)

Lauren também está testando a técnica em almofadas, imãs, plaquinhas de MDF e outros objetos. “Os azulejos são o meu foco, a ideia é desenvolver minhas próprias estampas ou estampar a arte de amigos artistas. A ideia é ter esse catálogo de estampas e fazer mediante pedidos ou lançar alguns de acordo com minha inspiração do dia”.

A primeira coleção chama “Voo Livre”. É uma seleção de borboletas e flores. “Simples, mas reflete o momento que estou vivendo. Todo esse processo de mudança na rotina profissional me fez refletir sobre o nome da minha empresa que já tem mais de 10 anos. E agora de Brechó passa a ser Gaveta da Lauren, onde resolvi partilhar um pouco de cada trabalho que desenvolvo. Meus figurinos, minhas produções de moda, os garimpos do Brechó e agora esses novos produtos. Tudo em uma gaveta só”, finaliza.

Quem quiser conferir e fazer pedidos dos azules, pode entrar em contato com Lauren pelo Instagram. (clique aqui)

Curta o Lado B no Facebook. Tem uma pauta bacana para sugerir? Mande pelas redes sociais, e-mail: ladob@news.com.br ou no Direto das Ruas através do WhatsApp do Campo Grande News (67) 99669-9563.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário