ACOMPANHE-NOS    
NOVEMBRO, SEGUNDA  29    CAMPO GRANDE 22º

Consumo

Galeria Isaac de Oliveira abre espaço para 12 artistas sul-mato-grossenses

O local reúne quadros do artista conhecido pelas cores vibrantes, além de itens, como canecas, imãs e pratos

Por Bárbara Cavalcanti | 04/11/2021 10:07
Canecas com a arte de Isaac Oliveira disponíveis na galeria. (Foto: Bárbara Cavalcanti)
Canecas com a arte de Isaac Oliveira disponíveis na galeria. (Foto: Bárbara Cavalcanti)

A galeria Isaac de Oliveira agora também tem canecas, imãs, pratos e vários outros itens com reprodução de artes de artistas regionais. A proposta é da viúva do Isaac, Selma Rodrigues, conhecida como Secéu. Ela quer criar uma opção para presentes, lembranças e brindes diferenciados com a marca, não apenas da obra de Isaac, mas de vários outros artistas do Estado.

“Eu não sou artista, mas aprecio muito a arte. E sou designer, então, consigo criar produtos. A pessoa pode vir aqui, escolher as opções que os artistas deixam, ou também fazer uma encomenda especializada do que ela gostaria”, explica.

Ela reuniu ao todo 12 artistas: o próprio Isaac de Oliveira, Celina Arantes, Buga Peralta, Don Dolores, Wagner Thomaz, Carlos Vera, Ana Ruas, Elis Regina, Guto Naveira, Humberto Espíndola, Roberto Higa, Ana Zahran, Zilá Soares, Vania Juca e AP Pacheco.

Canecas com a arte de Ana Zahran para compra na galeria. (Foto: Bárbara Cavalcanti)
Canecas com a arte de Ana Zahran para compra na galeria. (Foto: Bárbara Cavalcanti)

“Nas prateleiras, há vários itens, como canecas, imãs, pequenas esculturas, itens para pôr na mesa, com sousplat e porta-copos. A pessoa pode usar como presente ou também fazer brindes para eventos como um toque regional e único”, reforça.

Depois do falecimento de Isaac, Selma reabriu a galeria, a princípio, apenas com as obras dele. “Mas eu precisava arranjar o que fazer. Então, pensei nisso, porque eu mesma não produzo arte, mas consigo pensar em produtos que a reproduzem”, explica.

Mas há também obras, inclusive, algumas valiosas inacabadas do Isaac. “A ideia é que aqui seja esse espaço colaborativo. Mas se quiserem vir aqui para apenas ver as obras, podem também”, ressalta.

Galeria com várias obras que podem ser vistas durante visitação. (Foto: Bárbara Cavalcanti)
Galeria com várias obras que podem ser vistas durante visitação. (Foto: Bárbara Cavalcanti)

Desde 2019, a ideia ainda é criar um memorial com as telas de Isaac. Por isso, por enquanto, Secéu segura a venda. “Ainda quero fazer o memorial, mas se alguém me procurar para ver ou comprar, estou atendendo”, detalha.

A galeria funciona na Avenida Antônio Teodorowich, 125, no Bairro Carandá Bosque. Horário de funcionamento é de segunda a sexta, das 13h às 18h. Mais informações estão disponíveis no telefone (67) 99256-9499.

Curta o Lado B no Facebook. Tem uma pauta bacana para sugerir? Mande pelas redes sociais, e-mail: ladob@news.com.br ou no Direto das Ruas através do WhatsApp do Campo Grande News (67) 99669-9563.

Confira a galeria de imagens:

  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário