ACOMPANHE-NOS    
MAIO, SÁBADO  21    CAMPO GRANDE 14º

Faz Bem!

Na hora da ressaca, veja o que comer e beber para se recompor

Depois da festança de Réveillon, nutricionista reforça importância de beber bastante líquido e comer frutas

Por Bárbara Cavalcanti | 01/01/2022 11:00
Cafézinho coado é uma opção para ajudar a se hidratar depois da ressaca. (Foto: Bárbara Cavalcanti)
Cafézinho coado é uma opção para ajudar a se hidratar depois da ressaca. (Foto: Bárbara Cavalcanti)

Feliz ano novo! 2022 chegou e com ele a ressaca para quem bebeu todas nas festas de Réveillon. Conforme a nutricionista Giovana Messias, não tem outro jeito a não ser ingerindo bastante líquido para ajudar o organismo.

“O álcool inibe o hormônio antidiurético. Então como se perde muito líquido, para a ressaca é importante beber muita água, isotônicos, água de coco, café e até tereré para hidratar o organismo”, ensina.

Giovana ainda acrescenta que às vezes, bebidas isotônicas podem conter excesso de açúcares. “Às vezes a pessoa não quer comprar um isotônico por causa do carboidrato, pois é uma bebida calórica. Mas uma opção é fazer um caseiro, com ingredientes naturais”, ressalta.

Ainda conforme Giovana, uma receita simples de isotônico leva água de coco, 2 colheres de sopa de mel, com uma pitada grande de sal não refinado e dois limões. Para preparar, basta misturar todos os ingredientes e servir gelado.

Além dos líquidos, a nutricionista também explica sobre a importância de incluir frutas no dia seguinte à bebedeira. “A vitamina C auxilia o fígado a quebrar as moléculas de álcool. Potássio e magnésio também ajudam na redução dos sintomas da ressaca”, explica. Vale mamão, manga, acerola, melancia ou laranja e limão.

A nutricionista ainda deixou vários exemplos do que consumir ao longo do dia pós-festa. Para o café da manhã, há a opção de comer mamão com uma colher de aveia e de mel, além de pedaços de melancia para o lanche. No almoço, proteínas mais leves, como filé de frango e brócolis refogado, além de lentilha cozida ou temperada com cebola e alho, e iscas de carne magra.

Para o lanche da tarde, a recomendação é frutas ou chocolate amargo. “E para a ceia, à noite, um chá de gengibre com uma colher mel também pode ajudar”, comenta.

Curta o Lado B no Facebook. Tem uma pauta bacana para sugerir? Mande pelas redes sociais, e-mail: ladob@news.com.br ou no Direto das Ruas através do WhatsApp do Campo Grande News (67) 99669-9563.

Nos siga no Google Notícias