ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, SEXTA  07    CAMPO GRANDE 23º

Games

Samurai Shodown mostra todos os seus ataques na Epic Store

Por Jorge Miashike | 02/07/2020 06:55
Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Para quem conheceu Samurai Shodown, Samurai Spirits no Japão, na década de 1990, viu um jogo de luta diferente, por trazer samurais, ninjas, espadachins, enfim, diversos guerreiros munidos de armas em combates brutais com uma linda arte pixelada, músicas épicas, narração, belíssima dublagem, um elegante efeito de zoom onde se tem um toque dramático nos planos mais abertos dando um ar cinematográfico e podendo a luta culminar num lindo derramamento de sangue ou de amputação em diversos lindos cenários.

Muitos anos se passaram e a série Samurai Shodown teve seus altos e baixos, reflexos da direção em que a sua dona, SNK, rumava. Recentemente a empresa voltou a se chamar apenas SNK e como uma fênix, ressurgiu das cinzas, trazendo um novo Samurai Shodown que tem nos quatro primeiros títulos dos jogos de luta da franquia a sua maior inspiração.

Dentro da cronologia da franquia do jogo de luta, o novo Samurai Shodown se passa em 1787, ou seja, os eventos acontecem entre Samurai Shodown V (1786) e Samurai Shodown (1788).

Os gráficos não são em arte pixelada, são tridimensionais, entretanto não são exageradamente plásticos como em The King of Fighters XIV, remetem ao estilo de arte utilizada em Street Fighter IV ou V, porém, sem muitas mudanças radicais no visual ou na anatomia da maioria dos personagens. Os lutadores de Samurai Shodown se mantêm elegantes como nos antigos títulos.

Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

O elenco é formado por rostos conhecidos e alguns novos. A maioria dos personagens antigos tiveram suas aparências praticamente inalteradas, por exemplo, Haohmaru, Ukyo Tachibana, Hanzo Hattori entre outros, enquanto que outros tiveram seu visual repaginado, caso de Charlotte. No total são vinte e cinco personagens, incluindo um lutador que faz parte do universo de outro jogo, Warden de For Honor, fazendo um inesperado crossover entre a SNK e a Ubisoft. Acreditamos que haverá mais uma temporada pelo menos, quem sabe Genan Shiranui, Neinhalt Sieger ou Kuroko dão as caras? Por falar em Kuroko, ele aparece como personagem não selecionável no modo Desafio Homem de Aço no Dojo.

A jogabilidade neste novo Samurai Shodown possui elementos de praticamente todos os jogos lançados na franquia, porém, achamos que se assemelha bastante à mecânica de Samurai Shodown IV: Amakusa’s Revenge, porém aprimorada, o uso da Unreal Engine deve ter sido crucial para conseguir obter tal resultado.

Samurai Shodown possui diversos modos de jogo para um jogador, listamos a seguir cada um deles:

  • História - Enfrente vários inimigos até chegar no chefe final.
  • Online - Desafie jogadores pelo mundo todo em partidas ranqueadas ou casuais.
  • Dojo - Em Desafio Homem de Aço, você enfrenta até 100 oponentes, e em Disputa Fantasma, você luta contra um oponente à sua escolha. Em ambos os modos, são perfis de lutadores pertencentes a jogadores em sua grande maioria controlados pela CPU.
  • Batalha - No Contra o Tempo, o jogador deve derrotar certo número de inimigos em determinado tempo. Em Sobrevivência, você enfrenta uma onda de inimigos infinitamente. Já em Luva de Aço, o desafio é vencer quase todos os personagens do jogo em lutas de um round.
  • Versus - O clássico mano-a-mano local ou enfrente o oponente controlado pelo computador.

A trilha sonora do jogo possui boas músicas, mantendo a qualidade da série, que sempre se destacou por mesclar instrumentos musicais clássicos da cultura japonesa em peças muitas vezes minimalistas com elementos modernos e no novo Samurai Shodown não poderia ser diferente. Os efeitos sonoros e as dublagens são praticamente iguais aos dos títulos clássicos.

Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Os principais problemas do jogo que encontramos são o modo online e a inteligência artificial do game. No modo online é difícil encontrar oponentes com boa conexão, pois as lutas ficam travando e ficamos na expectativa de qual golpe entrou. Há inúmeras opções de se jogar contra o computador, entretanto é relativamente fácil entender os macetes contra a máquina, pois a inteligência artificial dos inimigos não é bem explorada como nos jogos antigos.

No Epic Games não há sistema de troféus, então as conquistas de Samurai Shodown são as diversas imagens que estão na galeria de arte, assim como os filmes dos lutadores que aparecem no modo História, ou seja, para liberar todas as artes é preciso terminar com todos os personagens.

Em suma, Samurai Shodown é um jogo de luta incrível, que resgata com maestria os elementos que o tornaram um clássico, aproveitando as coisas boas e criando algo que tornam o game bastante divertido de se jogar. Os personagens extras são empolgantes e com certeza valem o investimento na compra dos passes de temporada.

Uma curiosidade em Samurai Shodown: há uma referência ao Neo Geo CD durante o jogo, obviamente que ligado ao carregamento do mesmo.

Além do PC, Samurai Shodown saiu para PlayStation 4, Xbox One e Nintendo Switch em 2019. Esta análise de Samurai Shodown foi feita em cima da versão de PC disponível no Epic Games, e a distribuidora nos cedeu as duas temporadas com personagens extras.

Conheça o Video Game Data Base, o museu virtual brasileiro dos videogames. Pensou videogame, pensou VGDB.