A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 21 de Agosto de 2019

14/11/2018 07:36

Família abre tapiocaria com sabores diferentões, como a de panetone

Na Vila Alba, a tapiocaria Mandacaru tem massa própria e sabores diferentões, além de um ambiente bem charmoso com o tema do nordeste em pauta

Thaís Pimenta
Espaço é pequeno mas tem charme único, pensado em cada detalhe que compõe a decoração.  (foto: Thaís Pimenta)Espaço é pequeno mas tem charme único, pensado em cada detalhe que compõe a decoração. (foto: Thaís Pimenta)

O espaço é pequeno mas a decoração dá um jeito de tornar acolhedor o cantinho da Tapiocaria Mandacaru, aberto desde setembro na Vila Alba. Com desenhos nas paredes, frases bem nordestinas espalhadas pelo lugar, artigos vindos direto da fonte, varais de cordéis, chita no teto imitando rede e lustres feitos de balaios, a ideia é ser tipicamente nordestino.

E o sangue que corre nas veias dos sócios vem mesmo lá do Nordeste brasileiro. A sogra, dona Aparecida Setsuko Uenira, e o genro Denis da Silva Alvarenga, já tinham ideia da sociedade quando a filha e esposa Daiane decidiu fazer parte da concepção de todo o projeto.

Incomum, essa união de genro e sogra têm dado certo até mesmo na cozinha, onde os dois dividem os dotes culinários para criarem uns sabores bem diferentões, como é o caso da tapioca de panetone, que entrou no cardápio para celebrar o Natal.

Tapioca de panetone é criação para o Natal na tapiocaria Mandacaru. (foto: Thaís Pimenta)Tapioca de panetone é criação para o Natal na tapiocaria Mandacaru. (foto: Thaís Pimenta)
Cordeis viraram varais e souvenirs estão nas paredes. (foto:Thaís Pimenta)Cordeis viraram varais e souvenirs estão nas paredes. (foto:Thaís Pimenta)
Arte na parede de Raquel Alvarenga dá vida ao espaço. (foto; Thaís Pimenta)Arte na parede de Raquel Alvarenga dá vida ao espaço. (foto; Thaís Pimenta)

Outra combinação que a princípio soa mal, mas ao experimentar parece que os ingredientes foram feitos um para o outro é a tapioca Mandacaru, com carne seca, paçoca rolha e manteiga de garrafa. O toque agridoce dado pela paçoca parece realçar ainda mais o sabor da carne. “A Paçoca Rolinha é a menos doce do mercado, então dá uma equilibrada boa com a carne seca que não é tão salgada também”, pontuam os sócios.

A carne seca é feita inteiramente na tapiocaria num processo passado de pai pra filho, de Valter para Denis. “Ele o ensinou a secar a carne porque no início nós usávamos a carne seca feita pelo meu sogro mesmo. Mas como aqui tem esse compromisso de ter o ingrediente sempre, especialmente este já que é o preferido dos clientes, o Denis teve de aprender. E a gente fazer aqui dá um sabor diferente à carne seca, ela não fica tão salgada e tem uma textura mais macia”.

O cardápio de sabores diferentões se estende passando pela tapioca de carne seca com pequi, com gorgonzola, até as doces de melado de cana, a de goiabada com queijo que aqui ganhou o nome de Lampião e Maria Bonita. Também tem tapioca de limão, de floresta negra e de chocolate com marshmallow. Os valores vão de R$ 9,90 a R$ 22,90.

Há, inclusive, tapioca com massa fitness de chia e gergelim, uma criação da Daiane.

Tapioca de carne seca com paçoca, a Mandacaru, combinação perfeita. (foto: Thaís Pimenta)Tapioca de carne seca com paçoca, a Mandacaru, combinação perfeita. (foto: Thaís Pimenta)
Divisória feita de caixotes. (foto: Thaís Pimenta)Divisória feita de caixotes. (foto: Thaís Pimenta)
Chapéu é do vô de Denis. (foto: Thaís Pimenta)Chapéu é do vô de Denis. (foto: Thaís Pimenta)
Denis, Daiane e Aparecida, sociedade em família que tem dado certo. (foto: Thaís Pimenta)Denis, Daiane e Aparecida, sociedade em família que tem dado certo. (foto: Thaís Pimenta)

A escolha do nome veio da representatividade que o Mandacaru tem para o nordestino. “É um cacto que simboliza a resistência ao nascer e se manter de pé, a força da planta que quando floresce quer dizer que a chuva está por vir”, justifica Denis.

A concepção do espaço contou com ajuda dos amigos e dos familiares. Os desenhos na parte interna do restaurante foram pintados pela irmã de Denis e cunhada de Daiane, a artista plástica Raquel Alvarenga. “É o que traz mais vida ao espaço. Com certeza, se não fossem os desenhos, esse lugar não estaria tão cheio de vida”.

Balcão tem até chapéu de cangaceiro. (foto: Thaís Pimenta)Balcão tem até chapéu de cangaceiro. (foto: Thaís Pimenta)

“Tudo foi pensado junto. A Raquel nos ajudou muito. Nossos amigos que iam para o nordeste não traziam os souvenirs e muito do que tínhamos em casa mesmo veio pra cá, como é o caso da gaiola do Denis, que ganhou um quê a mais com a pintura dos pássaros voando ao redor”.

Um chapéu na parede resgata a ancestralidade nordestina de Denis, já que era de posse do avô nascido em Alagoas.

Cheia de vida, a tapiocaria é um cantinho colorido e cheio de detalhes, no ambiente e na comida! Está localizada na Avenida Júlio de Castilho, 2091.

Curta o Lado B no Facebook e no Instagram.

 

Frase do filme Auto da Compadecida.Frase do filme Auto da Compadecida.
É preciso um dicionário nordestino pra aprender os signficados.É preciso um dicionário nordestino pra aprender os signficados.
imagem transparente

Classificados


Copyright © 2019 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.